Foco de gripe aviária na França terá animais abatidos e desinfecção

A França anunciou hoje (27) que detectou uma forma “altamente patogênica” de gripe aviária em uma granja no norte do país. Autoridades francesas informaram que ainda não se sabe exatamente qual é a cepa que infectou os animais, mas que todos serão abatidos de antemão para evitar que a doença se espalhe.

Diversos focos de gripe aviária foram detectados na França no último mês, tanto em granjas quanto em animais selvagens. A epidemia levou o governo a determinar que os animais de criadouros sejam mantidos em instalações isoladas sem contato exterior.

Um surto da doença no último inverno foi responsável pelo sacrifício de cerca de três milhões de patos no Sudeste do país.

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) emitiu alerta no dia 15 sobre a rápida transmissão de uma cepa não identificada de gripe aviária, tanto na Ásia quanto na Europa. Segundo a organização, a China registrou 21 casos de infecção humana pelo vírus H5N6 – um dos responsáveis pela gripe aviária. 

Segundo informa a agência internacional de notícias Reuters, donos de aviários temem que as notícias imponham bloqueios de importação das carnes de frango e de pato. Especialistas de saúde franceses alertam, ainda, para a possibilidade de transmissão da doença para humanos.

A gripe aviária geralmente é transmitida durante o fluxo migratório de aves selvagens.

Bolsonaro usa Carnaval para criar armadilha para opositores

Por mais de um ângulo, debater neste momento a “realização” do carnaval em 2022 é inevitável e, ao mesmo tempo, inócuo do ponto de vista de segurança sanitária, mas tem serventia à nova onda de politização da pandemia promovida pelo presidente Jair Bolsonaro. Especular decretações de fechamento ou abertura extremas daqui a três meses é inútil.

O sinal disparado por Bolsonaro “Por mim nem haveria carnaval” abriu a batalha de apontar hipocrisia do lado rival nas redes e promove uma “guerra cultural” útil para amenizar perdas de popularidade.

O presidente tenta acertar alguns coelhos e cria uma armadilha para seus opositores. O aceno moralista à base conservadora é óbvio, e remete ao apelativo episódio do “golden shower” no primeiro tríduo momesco sob seu governo. Sem pudor para inverter sinais, busca ainda empurrar os que passaram os dois últimos anos chamando-o de negacionista a adotar, na forma binária que captura todo debate nas redes, a posição contra medidas restritivas — a despeito da diferença de circunstâncias como vacinação, taxa de contaminação e outras.

A militância bolsonarista entendeu o recado e tenta impor constrangimento a quem defendia isolamento e distanciamento e agora vê viabilidade nos festejos, acusando incoerência. A situação é outra com a boa adesão da população brasileira à vacinação e com a momentânea baixa na disseminação do vírus no país, mas circunstâncias podem mudar a nova variante sul-africana é só o exemplo mais recente. Este cenário impõe um desafio também aos cientistas, muitas vezes premidos a exercer futurologia para decretar de público, hoje, se esta ou aquela atividade será segura daqui a três meses.

Em resposta, os antibolsonaristas apontam hipocrisia do presidente. A súbita conversão presidencial ao isolamento no carnaval entra em clara contradição com atitudes do próprio governo, a começar pela contínua resistência em exigir passaporte sanitário de turistas, medida unânime entre especialistas.

Para prefeitos de centenas de cidades que costumam sediar as festas, equilibrar o risco de propiciar uma onda de contaminação e promover o evento que aquece a economia local é decisão tão mais difícil quanto mais cedo precisar ser tomada.

Festa que simboliza e define a identidade nacional, o carnaval de 2022 concentra antes de começar o puro suco do Brasil recente: politização da crise sanitária e a submissão da ciência, em meio à falta de dados que permitam prever cenários ainda longínquos, à guerrilha das redes.

Pernambuco registra, neste sábado (27), nove mortes e 373 novos casos de Covid-19

O boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), neste sábado (27), registra 373 novos casos da Covid-19 no Estado. Entre os confirmados, 11 (3%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 362 (97%) são leves. 

Agora, Pernambuco totaliza 639.373 casos confirmados da doença, sendo 54.971 graves e 584.402 leves. Também estão sendo contabilizados nove óbitos, ocorridos entre 22/01/2021 e 26/11/2021. Com isso, o Estado totaliza 20.226 mortes pela Covid-19. 

Moderna diz que desenvolverá vacina de reforço contra nova variante da Covid

A empresa farmacêutica americana Moderna anunciou nesta sexta-feira (26) que vai desenvolver uma vacina de reforço contra a nova variante omicron do coronavírus, detectada na África do Sul e considerada “preocupante” pela OMS.

“A Moderna desenvolverá rapidamente uma vacina candidata para uma dose de reforço específica para a variante omicron”, afirmou a empresa em um comunicado.

O anúncio faz parte de uma estratégia direcionada para enfrentar as variantes mais preocupantes, de acordo com a Moderna.

“Em 2020-2021, isso já incluía as doses de reforço para as variantes delta e beta”, disse o laboratório, que indicou ter “demonstrado repetidamente sua capacidade de levar novas candidatas para a fase de ensaios clínicos em 60-90 dias”.

“Desde o seu início, afirmamos que, para combater a pandemia, é imperativo ser proativo diante da evolução do vírus”, declarou o CEO da Moderna, Stéphane Bancel, na nota.

“As mutações da variante omicron são preocupantes e, há vários dias, estamos agindo o mais rápido possível para executar nossa estratégia para lidar com essa variante”, acrescentou.

Potencialmente muito contagiosa e com mutações múltiplas, a nova variante gera preocupação global à medida que se espalha para fora da África do Sul, forçando o mundo a fechar progressivamente suas fronteiras com o sul do continente africano.

Na Europa, a Bélgica detectou um primeiro caso. Outro foi identificado em Hong Kong e outro em Israel, em uma pessoa que havia retornado do Malawi.

O laboratório alemão BioNTech, parceiro da Pfizer, disse que está estudando esta variante e espera ter “no máximo em duas semanas” os primeiros resultados de estudos que lhe permitirão determinar se ela é capaz de penetrar a proteção de sua vacina.

Será preciso “várias semanas” para entender o nível de transmissibilidade e virulência da nova variante, enfatizou o porta-voz da OMS nesta sexta-feira.

Para a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), é “prematuro” prever uma adaptação das vacinas à variante omicron.

Prefeitura de SP divulga 1ª lista dos blocos de rua do carnaval 2022

A Prefeitura de São Paulo divulgou neste sábado (27) a primeira lista dos blocos de rua do carnaval de 2022. Até o momento, há 440 blocos validados. A estimativa é que 18 milhões de pessoas participem da folia.

Os blocos, cordões e grupos musicais devem desfilar nos períodos pré, durante e pós carnaval, entre os dias 19 de fevereiro e 6 de março.

De acordo com a portaria publicada pelo secretário municipal das Subprefeituras Alexandre Modonezi, a realização do carnaval de rua da cidade de São Paulo em 2022 está condicionada à liberação pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), devido à pandemia de Covid-19.

Os blocos de rua deverão obedecer aos itinerários, datas e horários definidos e autorizados. Em caso de descumprimento, os blocos podem sofrer penalidades.

A prefeitura diz que recebeu que 867 inscrições para desfiles de blocos de rua para o carnaval de 2022.

O número de pedidos de desfiles foi menor que o recorde registrado em 2020, quando 960 desfiles foram inscritos, mas superior ao verificado em 2019, quando 550 cortejos foram registrados. Segundo a prefeitura, o alto número de inscrições indica que o carnaval de rua 2022 em São Paulo pode ser o maior do Brasil.

O número considera o total de desfiles solicitados, mas o número de blocos a desfilar é inferior ao de cortejos, já que alguns grupos podem se apresentar em mais de um dia. Além disso, o número de desfiles que de fato ocorrem é, geralmente, inferior ao de inscritos, porque alguns blocos acabam desistindo.

A realização da festa depende da situação da pandemia, mas a gestão municipal já sinalizou que o evento deve ocorrer sem restrições sanitárias.

PSDB retoma votação eletrônica das prévias para escolher presidenciável do partido

O PSDB informou que retomou às 8h deste sábado (27) a votação eletrônica das prévias que escolherão o candidato do partido à Presidência da República. A votação começou no último domingo (21), mas a conclusão foi adiada em razão de falha no aplicativo de votação dos filiados.

A votação, por meio de um novo aplicativo, prosseguirá até as 17h. Três postulantes estão na disputa — os governadores Eduardo Leite (RS) e João Doria (SP) e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto. A previsão da cúpula do partido é anunciar o resultado até as 18h, em Brasília.

O candidato que alcançar maioria absoluta dos votos válidos será o vencedor das prévias. Se nenhum obtiver essa maioria, os dois mais votados participarão de um segundo turno.

Estão aptos a votar 44,7 mil filiados, dos quais 8% conseguiram votar no último domingo. Até as 13h deste sábado, o partido informou ter contabilizado 19 mil votos.

Embora o partido registre somente dois votantes no exterior, identificou mais de 10 mil tentativas de acesso ao aplicativo oriundas de outros países. Por isso, bloqueou os acessos do exterior, a fim de evitar vulnerabilidades.

“Nós solicitamos uma auditoria forense. O vice-presidente do Jurídico do partido vai encaminhar à Polícia Federal para ser investigado”, afirmou o presidente do partido, Bruno Araújo.

Segundo ele, empresas especializadas em segurança cibernética, técnicos dos três candidatos e a própria estrutura do partido estão “processando a votação e fazendo essa camada de proteção para que a gente possa às 17h entregar esse resultado e apresentar um candidato a presidente da República do PSDB”.

Ômicron: veja países onde a nova variante do coronavírus já foi detectada

A ômicron (B.1.1.529), nova variante do coronavírus descoberta na África do Sul, já foi detectada em ao menos 6 países e territórios até o momento e várias nações já restringiram voos devido à nova cepa.

África do Sul: 77 casos na Província de Gauteng;
Bélgica: 1 caso, de um viajante que voltou do Egito* em 11 de novembro;
Botsuana: 4 casos, todos de estrangeiros que foram ao país missão diplomática e já deixaram o país;
Hong Kong: 1 caso, de uma pessoa que viajou à África do Sul;
Israel: 1 caso confirmado, de uma pessoa que viajou ao Malaui*, e mais 2 casos suspeitos;
Reino Unido: dois casos confirmados, um deles em Chelmsford e o outro em Nottingham.

Apesar de o caso confirmado em Israel ser de uma pessoa que viajou ao Malaui e o infectado na Bélgica ser de um viajante que voltou do Egito, nenhum dos dois países africanos confirmaram oficialmente nenhum caso da nova variante até o momento.

Antes de ganhar o nome de ômicron, a variante ficou conhecida pela abreviação B.1.1.529.

*Matéria atualizada às 14h40

Ceará não terá festa de réveillon na praia de Iracema devido ao risco de nova onda de Covid-19

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou na sexta-feira (26) que a tradicional Festa da Virada,no aterro da Praia de Iracema, em Fortaleza, não será realizada em função da pandemia de Covid-19. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a proibição é válida para qualquer grande festa de réveillon no Estado.

“Tomamos essa iniciativa por absoluta prudência, responsabilidade e respeito, de forma prioritária, à vida dos nossos irmãos cearenses. Não descansarei enquanto não vacinarmos toda a população cearense”, justificou Santana durante uma transmissão nas redes sociais.

As festas de passagem de ano, porém, poderão ser feitas em locais fechados com até 2,5 mil pessoas ou em ambientes abertos, com até 5 mil participantes. O regramento consta de decretos publicados anteriormente ao anúncio do cancelamento da festa em Iracema.

Estudo diz que abuso da ivermectina pode ser causa do surto de coceira em Pernambuco

Um estudo realizado pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) indica que o uso indiscriminado de ivermectina pode ser o responsável pelo surto de coceira registrado no Grande Recife.

De acordo com o artigo, o abuso do remédio, que teve uso estimulado pelo Governo Federal para covid-19, pode ter desenvolvido a super resistência de um ácaro causador da sarna humana.

Até o momento, em Pernambuco, 12 cidades notificaram casas de lesões na pele que provocam coceira. A maior parte dos registros da doença, cuja causa ainda segue desconhecida, concentra-se no Recife: são 176 pessoas, até a manhã deste sábado (27), com “lesões cutâneas a esclarecer”, em 35 bairros.

Variante Ômicron: o que se sabe sobre a nova linhagem do SARS-CoV-2

A variante B.1.1.529 do novo coronavírus foi nomeada como Ômicron e classificada como variante de preocupação pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira (26).

A decisão do grupo consultivo técnico da OMS sobre evolução do vírus SARS-CoV-2 teve como base as evidências apresentadas que indicam alterações prejudiciais na epidemiologia da Covid-19 devido à linhagem.

Atualmente, a OMS considera como variantes de preocupação cinco linhagens do novo coronavírus: a Alfa (B.1.1.7), do Reino Unido, a Beta (B.1.351), da África do Sul, a Delta (B.1.617.2), da Índia, a Gama (P.1), do Brasil, e a Ômicron (B.1.1.529), de diferentes países, segundo a OMS.

A cepa foi relatada pela primeira vez à OMS pela África do Sul no dia 24 de novembro. A situação epidemiológica no país mostrou três picos distintos de casos de Covid-19, sendo o último predominantemente pela variante Delta.

Nas últimas semanas, as infecções aumentaram de forma abrupta, coincidindo com a detecção da nova variante. De acordo com a OMS, o primeiro caso de Covid-19 confirmada conhecida foi de uma amostra coletada em 9 de novembro de 2021.

“Esta variante apresenta um grande número de mutações, algumas das quais preocupantes. A evidência preliminar sugere um risco aumentado de reinfecção com esta variante, em comparação com outras variantes de preocupação”, informou a OMS em um comunicado.

Reino Unido confirma dois casos de ômicron

O Reino Unido registrou dois casos da nova variante ômicron, disse o ministro da Saúde, Sajid Javid, neste sábado (27), segundo agências internacionais.

“Na noite passada, fui contatado pela Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido. Fui informado de que eles detectaram dois casos dessa nova variante, ômicron, no Reino Unido. Um em Chelmsford, o outro em Nottingham”, disse.

Segundo ele, os dois casos estão relacionados e há uma conexão com viagens para a África Austral (sul do continente). “Esses indivíduos ficarão isolados com suas famílias enquanto mais testes e rastreamento de contato estão em andamento”, informou.

Enem: Segundo dia de aplicação das provas é neste domingo

A segunda parte do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 será aplicada neste domingo (28) nas versões impressa e digital. O segundo dia de prova será para os exames de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. Os portões dos locais de aplicação serão abertos às 12h, no horário de Brasília, e fechados às 13h.

Apesar dos portões fecharem às 13h, as provas serão aplicadas somente das 13h30 às 18h30 para os participantes regulares. Às 19h30, encerra o horário de aplicação para aqueles que solicitaram tempo adicional e tiveram o pedido aprovado. Já aqueles que solicitaram recurso de videoprova em Língua Brasileira de Sinais (Libras) terão duas horas a mais para responder às provas, podendo concluir o exame até as 20h30.

Os participantes devem levar o cartão de confirmação e um documento de identificação com foto é obrigatório, além, claro, de máscaras álcool em gel e caneta esferográfica da cor preta e material transparente. O participante que não puder apresentar a via original do documento de identificação por motivo de extravio, perda, furto ou roubo pode realizar as provas desde que apresente boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias. Aqueles que não compareceram ao primeiro dia do exame podem realizar as provas do segundo, que servirão somente para autoavaliação de conhecimentos.

O participante que precisa da Declaração de Comparecimento no Enem 2021, deve emitir o documento, disponível na Página do Participante. A declaração deve ser impressa e apresentada ao chefe de sala antes do candidato entrar na sala de provas. Ainda não é permitido levar qualquer dispositivo eletrônico como telefones celulares, smartphones, tablets, máquinas calculadoras, fones de ouvido, entre outros materiais estranhos à realização da prova, previstos no edital do exame.

Segunda Turma do STF manda desbloquear bens de Lula retidos pela Lava Jato

A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu hoje, por 3 votos a 1, ordenar o desbloqueio de bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que estavam retidos pela Lava Jato. Em julgamento virtual iniciado na última sexta-feira (19), os ministros atenderam a uma reclamação feita pelo petista, em março, contra a medida, que havia sido determinada pela Justiça Federal do Paraná.

O ministro Edson Fachin, relator do caso, votou contra o desbloqueio, mas foi vencido pelos colegas Gilmar Mendes, Nunes Marques e Ricardo Lewandowski. A Segunda Turma da Corte conta nesse momento com apenas quatro membros, porque a vaga aberta pela aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello ainda não foi preenchida.

Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores

Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Copa Libertadores da América, a partir das 17h (horário de Brasília) deste sábado (27), no estádio Centenário de Montevidéu (Uruguai).

O jogo coloca frente a frente os dois últimos vencedores da competição (o Rubro-Negro da edição 2019 e o Verdão da edição 2020).

O Flamengo chega à busca do tricampeonato continental (venceu em 1981 e em 2019) em um momento de instabilidade da temporada. Após ficar de fora da final da Copa do Brasil (após eliminação nas semifinais diante do Athletico-PR), a equipe da Gávea viu o título do Brasileiro ficar mais distante, pois tropeçou quando poderia diminuir a distância para o líder Atlético-MG.

Assim, a conquista da Libertadores é a grande oportunidade de encerrar a temporada levantando um troféu. Na coletiva antes da decisão o técnico Renato Gaúcho deixou claro que sabe que a vitória é de suma importância em um país como o Brasil, no qual só ficam gravados na história os nomes dos vencedores: “Trabalhamos para buscar os resultados, os títulos. Entramos para vencer, mas o adversário também. Amanhã [sábado] temos uma decisão. O mais importante é que chegamos por méritos. No Brasil, infelizmente, só dão importância a quem vence”.

Moderna diz que Ômicron representa um risco potencial significativo para vacinas

A fabricante de vacinas Moderna afirma que a nova variante do Omicron representa um “risco potencial significativo” para a eficácia de sua vacina Covid-19, bem como para a imunidade alcançada naturalmente.

“A variante Omicron recentemente descrita inclui mutações vistas na variante Delta. Acredita-se que ela aumenta a transmissibilidade e mutações vistas nas variantes Beta e Delta e que promovem o escape imunológico”, disse a Moderna nesta sexta-feira em um comunicado à imprensa.

“A combinação de mutações representa um risco potencial significativo para acelerar a diminuição da imunidade natural e induzida pela vacina”, disse a empresa.

Ela declarou ainda que está trabalhando rapidamente para testar a capacidade de sua vacina de neutralizar a nova variante e os dados são esperados nas próximas semanas.

Se a vacina atual e a atual dose de reforço da vacina são insuficientes contra a variante, uma solução possível é dar uma dose maior às pessoas, que a Moderna disse que está testando.

A empresa também está avaliando dois candidatos de reforço multivalentes para ver se eles fornecem proteção superior contra Omicron. Ambos incluem algumas das mutações virais presentes na nova variante.

A Moderna também está avaliando um candidato a reforço específico do Omicron.

Temos três linhas de defesa que avançamos paralelamente”, disse o CEO da Moderna, Stephane Bancel, no comunicado. “As mutações na variante Omicron são preocupantes e, por vários dias, estamos nos movendo o mais rápido possível para executar nossa estratégia para lidar com essa variante.”

Chuva com granizo causa prejuízos em Pesqueira

Fortes chuvas atingiram a cidade de Pesqueira nesta sexta.

Houve registro de prejuízos e alagamentos. Uma árvore caiu em frente à rodoviária da cidade.

Na rua da escola Maria de Lourdes, nas proximidades da Praça da Rosa, foi registrada inundação. Veículos tiveram dificuldade para atravessar o local.

No bairro do Xucurus, alguns moradores confirmaram a queda de granizo.

Na subida da fábrica Peixe, a rua também ficou inundada, atrapalhando o tráfego. Casas também ficaram cheias de água em áreas mais baixas.

A prefeitura trabalha muito para reparar os dados neste sábado. Ainda não há informações sobre vítimas ou desabrigados.

Há possibilidade de variante Ômicron já estar no Brasil, diz diretor da Anvisa

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, afirmou à CNN nesta sexta-feira (26) que há a possibilidade de a variante Ômicron já estar circulando no Brasil, embora, não tenha ocorrido a detecção efetiva de nenhum infectado.

“Realmente a possibilidade existe, não temos como dizer que é zero chance de já estar no Brasil, que não é possível. A possibilidade de termos algum caso que não tenha sido identificado existe, é uma possibilidade, mas até o momento não existe.”, afirma Barra Torres.

A Anvisa recomendou nesta sexta-feira medidas de restrição para voos, a decisão vale para viajantes procedentes da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

“Nossas equipes de portos, aeroportos e fronteiras estavam acompanhando a evolução das notícias, na manhã de hoje oficializamos à Casa Civil com nota técnica orientando sobre a restrição – por enquanto temporária – de voos desses países do Sul da África ou passageiros que fizeram escalas nesses voos. Esperamos que essa medida seja acatada ainda hoje pelos ministérios da Casa Civil, da Justiça, da Saúde e Infraestrutura, que são os ministérios que assinam as portarias de fronteiras”, afirmou Barra Torres.

O presidente da Anvisa explica que a medida de restrição também foi adotada em outros países e a tendência é que seja aplicada por demais nações.

“Países como Itália, Alemanha e Japão adotaram a mesma medida, principalmente nesse momento inicial quando temos mais incertezas do que certezas. O que temos é que no local onde foi descoberta essa variante houve um aumento exponencial de casos”, disse.

Segundo Barra Torres, a medida de restrição de voos provenientes de países africanos visa “mitigar ou atrasar ao máximo” a chegada da nova variante ao Brasil.

“É importante que a população se conscientize que a pandemia ainda não acabou, o apito final deste jogo ainda não foi dado. Nós temos sim uma cultura vacinal muito forte, temos milhões de pessoas aderindo voluntariamente à vacinação. Se a vacinação fosse um candidato e a eleição fosse hoje, a vacina venceria em primeiro turno, o candidato do momento é a vacina. Temos como evitar mantendo uma cultura de vacinação forte”, explicou o diretor da Anvisa.

61 viajantes da África do Sul testam positivo para Covid na Holanda

As autoridades de saúde da Holanda disseram que 61 pessoas que chegaram ao país em dois voos vindos da África do Sul, na sexta-feira (26), testaram positivo para a Covid-19.

Não há, até a última atualização desta reportagem, informações sobre qual é a variante do coronavírus encontrada nestes infectados.

Todos os passageiros infectados estão isolados, e vão passar por testes neste sábado (27) para descobrir se a recém-descoberta variante do coronavírus, a ômicron, pode estar circulando entre eles.

Ainda na sexta-feira, viajantes enfrentaram longas horas de espera e testes por conta da nova mutação do vírus, classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como ‘variante de preocupação’.

“Estamos pesquisando se alguns dos casos são da nova variante de preocupação, a ômicron”, disse a autoridade sanitária do país em um comunicado. “Esperamos ter os resultados o mais breve possível.”

Já na Alemanha, autoridades regionais afirmaram que um caso suspeito da ômicron é avaliado pelos profissionais de saúde.

“Parece muito possível que a variante omicron tenha chegado à Alemanha”, disse Kai Klose, ministro para Assuntos Sociais na região de Hesse, em uma rede social.
A infecção estaria ligada à uma pessoa que retornou da África do Sul, e foi colocada em isolamento logo após o diagnóstico positivo para a doença.

Passageiros que tentam retornar da África do Sul, após descoberta da variante ômicron do coronavírus, ficaram presos no aeroporto em meio a cancelamentos de voos e restrições.

Nova variante: Bolsonaro é contra fechar fronteiras

Em conversa com apoiadores nesta sexta-feira (26), em Brasília, Jair Bolsonaro disse ser contra estabelecer fechamento de fronteiras e aeroportos para barrar a entrada da Covid. Na conversa, não foi citada a variante ômicron – cujo nome, inclusive, só foi oficializado horas depois.

“Você não vedar, rapaz. Você não vai. Não, pera aí, mas que loucura é essa? Que loucura é essa? Quer dizer, fechou aeroporto, vírus não entra? Ah, pelo amor… Já tá aqui dentro, pô”, respondeu Bolsonaro a um apoiador que falou em fechar aeroportos e banir voos vindos “da Europa”.

O presidente também vem se manifestando, nas últimas semanas, contra a ideia de um “passaporte da vacinação” – ou seja, contra exigir certificado de vacina para autorizar a entrada de passageiros vindo do exterior.

Brasil fechará fronteiras aéreas para seis países da África a partir de segunda, diz Casa Civil

O Brasil vai fechar as fronteiras aéreas para passageiros vindos de seis países do Sul da África a partir da próxima segunda-feira (29), informou nesta sexta (26) o ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira.

A informação foi divulgada em uma rede social, e a portaria deve ser publicada em edição extra do “Diário Oficial da União” neste sábado (27). A decisão é motivada pela descoberta de uma nova “variante de preocupação” do coronavírus, chamada de ômicron (veja detalhes mais abaixo).

A restrição valerá para passageiros vindos de África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

De acordo com Ciro Nogueira, a decisão foi tomada em conjunto pela Casa Civil e pelos ministérios de Infraestrutura, Saúde e Justiça e Segurança Pública.

O Brasil fechará as fronteiras aéreas para seis países da África em virtude da nova variante do coronavírus. Vamos resguardar os brasileiros nessa nova fase da pandemia naquele país. Portaria será publicada amanhã e deverá vigorar a partir de segunda-feira”, disse Nogueira em rede social.

Questionada, a Anvisa informou que só vai se manifestar após a publicação das regras no “Diário Oficial”.

A lista de países incluídos no bloqueio é similar à divulgada pelo governo dos Estados Unidos na tarde desta sexta. A administração do presidente Joe Biden, no entanto, incluiu também os passageiros oriundos de Moçambique e do Malawi.