Tsunami em Tonga deixa país sem comunicação

Atingida por um tsunami, Tonga permanece praticamente incomunicável, com as linhas telefônicas e de internet sem funcionamento, deixando parentes na distante Nova Zelândia apreensivos por suas famílias nas ilhas do Pacífico, uma vez que os relatos de vítimas ainda não foram divulgados.

Um vulcão submarino em Tonga entrou em erupção no sábado (15), provocando alertas de ondas de tsunami de 1,2 metro e ordens de retirada da população nas áreas costeiras do país, bem como em várias ilhas do Pacífico Sul, onde imagens nas mídias sociais mostraram as ondas atingindo casas costeiras.

As linhas de internet e de telefone caíram por volta das 18h40, horário local, no sábado, deixando os 105.000 residentes nas ilhas praticamente incomunicáveis.

Ainda não há relatos oficiais de feridos ou mortes em Tonga, uma vez que a comunicação está limitada e ainda não foi possível estabelecer contato com áreas costeiras periféricas além da capital Nuku’alofa e mais próximas do vulcão, disse Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia, em coletiva de imprensa neste domingo (16).

Tonga, uma nação insular com cerca de 105.000 habitantes, fica 2.383 quilômetros a nordeste da Nova Zelândia.

Ministério da Saúde e Anvisa acompanham erro em vacinação de crianças na Paraíba

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou à CNN, neste sábado (16), que acompanha o caso de cerca de 60 crianças na Paraíba que receberam equivocadamente vacinas vencidas e de adultos. “Por isso, é importante ter cautela na aplicação das doses. O Ministério da Saúde acompanha todos os eventos adversos relacionados com as vacinas contra a Covid-19“, afirmou.

Quem também se manifestou sobre o ocorrido foi a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A Anvisa informou à CNN que “aguarda a apuração das circunstâncias da vacinação que está em curso pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS). Somente após, a Agência poderá avaliar ações”.

Mais cedo, a secretaria de Saúde da Paraíba informou que as crianças vacinadas apresentaram reações leves, como febre e dor no local da injeção. O caso está sendo investigado pelo Ministério Público Federal da Paraíba.

O erro ocorreu em uma UBS do município paraibano de Lucena. A história veio à tona após uma mãe publicar nas redes sociais um vídeo do cartão de vacinas dos filhos com a informação de que eles foram vacinados contra o coronavírus no início de janeiro, portanto antes da chegada das doses corretas da vacina infantil no Brasil.

As vacinas corretas desembarcaram no país na madrugada de quinta-feira (13). As doses de Pfizer, específicas para crianças, vem em frascos na cor laranja para evitar confusão com as vacinas adultas de embalagem azul. Desde o início da vacinação, com as doses corretas, o Ministério da Saúde e a Anvisa não registraram erros.

Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai no interior de SP

Um jovem de 24 anos morreu ao ser atingido por uma aeronave agrícola pilotada pelo próprio pai, em Uchoa (SP), no sábado (15).

De acordo com a Polícia Militar, o pai perdeu o controle do avião na aterrissagem. A aeronave, então, girou e bateu uma das asas em um veículo estacionado ao lado da pista.

Mateus César Tosti, filho do piloto, mexia em insumos agrícolas quando foi atingido pela hélice do avião na cabeça e parte do braço.

Ainda segundo a PM, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte da vítima.

Técnicos do 4º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) foram ao local e a causa do acidente será investigada. O caso foi apresentado na Central de Polícia Civil de Cedral (SP).

O corpo de Mateus foi velado e sepultado neste domingo (16) no cemitério de Cornélio Procópio (PR).

Afogados: tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo e munições

O efetivo do 23º BPM foi acionado para averiguar uma denúncia de consumo de drogas em uma residência no Centro de Afogados da Ingazeira. Quando os policiais chegaram nas proximidades da residência flagraram um acusado saindo do local, o qual ao ser abordado portava aproximadamente 20 gramas de maconha.

Diante da situação, o policiamento realizou abordagem na residência, pertencente à uma mulher, onde foram localizados mais dois invólucros de maconha pesando aproximadamente 05 (cinco) gramas. A acusada relatou que a droga seria de sua propriedade e do seu filho. Além disso, afirmou ter comprado a droga ao primeiro acusado abordado na saída da residência pelos policiais.

O primeiro acusado confirmou ter mais drogas em sua residência, sendo encontrado na localidade um pacote de maconha pesando aproximadamente 202 (duzentas e duas) gramas.

Além da droga, a polícia encontrou na residência do mesmo um revólver de marca Taurus, modelo especial, com capacidade para 6 munições, 12 munições marca CBC, modelo SPL, calibre 38, bem como a quantia de R$9.500,00 e um aparelho celular para eventual investigação ou perícia por parte da Polícia Judiciária.

Espada apreendida no São Francisco – Durante patrulhamento, o efetivo foi acionado para verificar um indivíduo que estraria com um facão no Bairro São Francisco. O policiamento localizou o acusado, que ao invés de facão portava uma espada artesanal e 04 gramas de maconha. A arma branca e a droga foram apreendidas e o indivíduo conduzido à Delegacia de Polícia.

Disparo de arma de fogo em Brejinho – O policiamento foi acionado para verificar uma ocorrência de disparo de arma de fogo na zona rural de Brejinho, onde segundo a vítima ao passar de motocicleta em frente à residência do imputado, o mesmo atirou contra a vítima com uma espingarda do tipo soca-soca, porém a mesma não foi alvejada. Ao ser localizado, o acusado informou ter atirado para cima a fim de assustar a vítima, devido ela diariamente passar bagunçando em frente a sua residência, como também entregou ao policiamento a referida arma. As partes foram encaminhadas à Delegacia de Polícia de Afogados da Ingazeira.

Síndrome de Burnout é reconhecida como fenômeno ocupacional pela OMS

A síndrome de Burnout passou a ser reconhecida como um fenômeno relacionado ao trabalho pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A assunção dessa condição passou a valer neste mês de janeiro, com a vigência da nova Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID-11).

A síndrome é definida pela OMS como “resultante de um estresse crônico associado ao local de trabalho que não foi adequadamente administrado”. Conforme a caracterização da entidade, há três dimensões que compõem a condição.

A primeira delas é a sensação de exaustão ou falta de energia. A segunda são sentimentos de negativismo, cinismo ou distância em relação ao trabalho. A terceira é a sensação de ineficácia e falta de realização.

A OMS esclarece que a síndrome de Burnout se refere especificamente a um fenômeno diretamente vinculado às relações de trabalho e não pode ser aplicada em outras áreas ou contextos de vida dos indivíduos.

Segundo o advogado trabalhista Vinícius Cascone, no Brasil, o Ministério da Saúde reconhece desde 1999 a síndrome como condição relacionada ao trabalho.

Caso um trabalhador reconheça os sintomas, deve buscar um médico para uma análise profissional. O médico avalia se o funcionário deve ou não ser afastado de suas funções. A empresa deve custear o pagamento caso o afastamento seja de até 15 dias.

Depois deste período, o empregado será submetido a uma perícia do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para que o órgão analise e, confirmando o diagnóstico, arque com o custeio do afastamento durante mais tempo. É preciso também abrir uma comunicação de acidente de trabalho.

Cascone explica que se o empregador não der o encaminhamento em caso de afastamento, o trabalhador pode buscar diretamente o INSS ou entrar com ação judicial caso ocorra uma negativa do órgão.

À Agência Brasil, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou que o início da vigência da nova lista de doenças demandará uma atualização de normativos internos, o que ocorrerá “aos poucos”.

Conforme o órgão, o direito a benefícios associados ao afastamento temporário é garantindo a quem comprovar incapacidade de realizar o trabalho.

Duas mulheres morrem afogadas no Peru por conta de fortes ondas decorrentes da erupção em Tonga

Duas mulheres morreram afogadas no norte do Peru após ondas grandes que resultaram na erupção de um vulcão submarino em Tonga, informaram as autoridades locais neste domingo (16).

Alertas de tsunamis foram emitidos em diversos países do Pacífico, incluindo Peru, Estados Unidos, Chile e Japão, no sábado (15).

As mortes aconteceram na praia de Naylamp, na região de Lambayeque. Desde sábado (15) mais de 20 portos no Peru foram totalmente fechados.

“Lamentamos a morte de duas pessoas, encontradas por membros da polícia de San Martin na praia de Naylamp, quando as ondas estavam anormais”, escreveram em nota as autoridades peruanas, que reforçaram que a praia havia sido declarada como “imprópria para banhistas”.

O Instituto Nacional de Defesa Civil (Indeci) informou que, como resultado da erupção vulcânica, foram produzidas fortes ondas na costa do departamento de Ica.

Em Tonga, a força da água causou danos significativos mas ainda não há informações sobre mortos e feridos.

O arquipélago de Tonga fica em uma zona de grande atividade sísmica, o denominado “Círculo de Fogo do Pacífico”, devido ao encontro de placas tectônicas.

Áustria se tornará primeiro país da Europa a ter vacinação obrigatória contra a Covid-19

A Áustria vai se tornar, em fevereiro, o primeiro país da Europa a obrigar os cidadãos a se vacinarem contra a Covid-19. O chanceler austríaco, Karl Nehammer, disse que os que recusarem a se imunizar estarão sujeitos a multas elevadas.

Em uma entrevista coletiva, o chefe de Governo conservador – que comanda o país em uma coalizão com os ecologistas – afirmou que a medida, para os maiores de 18 anos, entrará em vigor no começo do próximo mês. “É um projeto sensível, mas conforme à Constituição”, afirmou o chanceler.

O governo prevê “uma fase de adaptação” para que os não vacinados tenham a possibilidade de mudar de ideia até “meados de março”, explicou o conservador. Depois deste período, haverá fiscalização da aplicação da futura lei. Ele adiantou que os que não estiverem em dia, estarão em situação de “delito, passível de sanções” financeiras que variam de 600 a 3.600 euros (R$ 3.790 a R$ 22.750), nos casos de reincidência.

Itapetim: Jovem de 27 anos é morto

O município de Itapetim registrou o primeiro homicídio de 2022. O jovem John Batista da Silva, de 27 anos, conhecido por “lourinho”, foi morto a tiros na noite deste sábado (15).

Segundo informações do Blog J. Campos, o crime ocorreu por volta das 20h30. A vítima se encontrava na cozinha da residência da mãe quando foi alvejada com pelo menos quatro disparos de arma de fogo.

Testemunhas relataram que um indivíduo encapuzado chegou a pé e efetuou os disparos contra o jovem. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a vítima não resistiu e veio a óbito no local.

A Polícia Militar isolou a cena do crime e o Instituto de Criminalística fez o devido levantamento. O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, no Agreste.

Esse é o segundo homicídio do ano no Sertão do Pajeú. O primeiro homicídio foi registrado na última quarta-feira (12), no Sítio Poço do Serrote, zona rural de Serra Talhada. A vítima foi o mototaxista Edvaldo Cândido da Silva, de 46 anos. O corpo foi encontrado ao lado da motocicleta, com perfurações de arma branca no pescoço e em um dos braços. A motivação e autoria e ainda são desconhecidas.

Covid-19: X Geres recebe 1.110 doses de vacinas para crianças

Por volta das 11h da manhã deste sábado (15), chegaram na X Gerência Regional de Saúde – X Geres, em Afogados da Ingazeira, as primeiras 1.110 doses da vacina pediátrica da Pfizer contra a Covid-19, para a imunização de crianças de 5 a 11 anos.

O Ministério da Saúde incluiu, no dia 5 de janeiro, as crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19.

A imunização das crianças com a vacina da Pfizer já havia sido autorizada em 16 de dezembro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo a nota técnica divulgada pelo governo, a ordem de prioridade na imunização será a seguinte: crianças de 5 a 11 anos com deficiência permanente ou com comorbidades; crianças indígenas e quilombolas; crianças que vivam em lar com pessoas com alto risco para evolução grave de Covid-19; crianças sem comorbidades, em ordem decrescente de idade: primeiro, as de 10 e 11 anos; depois, as de 8 e 9 anos; em seguida, as de 6 e 7 anos; e, por último, as crianças de 5 anos.

No entanto, estados e municípios podem decidir sobre a vacinação.

A gerente da X Geres, Mary Delanea, informou à reportagem do Blog do Nill Júnior, que na próxima segunda-feira (17), haverá uma reunião com os coordenadores do PNI de cada município para organizar o início da vacinação.

A X Geres cobre doze municípios do Sertão do Pajeú e a distribuição das doses ficou da seguinte forma: Afogados da Ingazeira recebeu 210 doses, Brejinho 50, Carnaíba 120, Iguaracy 70, Ingazeira 30, Itapetim 70, Quixaba 40, Santa Terezinha 70, São José do Egito 190, Solidão 40, Tabira 180 e Tuparetama recebeu 40 doses da vacina.

Bolsonaro promove autoteste para Covid, dias após dizer que ômicron é bem-vinda

Após ter declarado que a variante ômicron era “bem-vinda”, o presidente Jair Bolsonaro (PL) usou suas redes sociais neste domingo (16) para promover o autoteste para detectar a Covid-19, atualmente em análise pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A postagem acontece em momento de grande atenção voltada para a pandemia, por causa da alta dos casos, dos alertas de falta de testes para detectar a doença e também pelo início da vacinação para crianças entre 5 e 11 anos.

O presidente apresentou dados para defender o programa de testagem do Ministério da Saúde a aproveitou para ressaltar os benefícios do autoteste —que será vendido em farmácias. A pasta encaminhou nesta semana para a Anvisa pedido de liberação desse tipo de teste.

“Plano Nacional de Expansão da Testagem: encaminho à Anvisa informações do autoteste de antígeno para detecção do Covid-19. O uso do autoteste pode garantir o início mais rápido das ações para interromper a cadeia de transmissão”, escreveu o presidente.

“O objetivo é que os testes sejam disponibilizados em redes de farmácias/drogarias e outros estabelecimentos de saúde para pessoas com ou sem sintomas que tenham interesse em realizar a autotestagem”, completou.

Bolsonaro ainda afirmou que os testes de antígeno já são amplamente utilizados na rede pública e aproveitou para reforçar que o governo já distribuiu mais de 381 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19.

Papa Francisco reza por vítimas das chuvas e inundações no Brasil

O papa Francisco expressou neste domingo (16) sua solidariedade às vítimas das inundações das últimas semanas no Brasil. Após o Angelus dominical, na praça de São Pedro, no Vaticano, ele pediu também proteção aos que conduzem salvamentos nessas situações.

Expresso minha proximidade das pessoas atingidas pelas fortes chuvas e inundações em várias regiões do Brasil nestas últimas semanas. Estou rezando especialmente pelas vítimas e suas famílias e por aqueles que perderam suas casas. Que Deus sustente os esforços daqueles que estão prestando socorro”, disse.

As chuvas que atingem Minas Gerais desde o início do ano deixaram mais de 370 municípios em situação de emergência (44% do estado) e levaram a inundações de rios e dezenas de milhares de moradores desalojados pelas enchentes ou pelo risco de rompimento de barragens. Segundo a Defesa Civil do Estado, 25 pessoas morreram e 52 mil ficaram desabrigadas.

Na Bahia, desde o fim do ano passado mais de 25 pessoas morreram e quase 100 mil ficaram desabrigadas ou desalojadas pelas fortes chuvas em várias cidades.

Correios decidem manter os preços das encomendas

Os Correios anunciaram a manutenção dos preços das encomendas nacionais e internacionais. Em nota, a estatal informou que preços de serviços como Sedex e PAC, além de serviços de importação e exportação, não sofrerão reajuste. Além disso, em 420 cidades haverá a redução dos valores praticados a partir do próximo dia 31.

Para o presidente dos Correios, Floriano Peixoto, a estatal deve incentivar o crescimento da economia nacional. “Nesse momento de recuperação econômica, é importante dar apoio às atividades de quem quer produzir, gerar valor, principalmente os micros e pequenos empreendedores que atuam no comércio eletrônico”.

De acordo com os Correios, a mudança no comportamento do consumidor, com o aumento das compras feitas pela internet, impulsionadas também pela pandemia, fizeram os Correios registrarem um aumento de 40% no volume de encomendas em relação ao ano anterior.

“Medidas como a redução de prazos de entrega nos principais trechos do país, a criação de produtos específicos para o comércio eletrônico e a diversificação de canais de atendimento levaram os Correios a projetar um novo recorde de lucro para 2021 [que será divulgado em breve]”, informou a estatal.

Covid-19: Brasil recebe 2º lote de vacinas da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos

O Brasil recebeu neste domingo (16) o segundo lote de vacinas da Pfizer contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos. Segundo a farmacêutica norte-americana, a remessa tem 1.248.000 doses e tinha previsão de chegar ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 3h50, mas chegou com atraso, por volta de 9h.

A Pfizer confirmou a chegada do lote às 11h deste domingo. O voo com imunizantes saiu de Amsterdam, na Holanda, e as vacinas foram descarregadas no aeroporto com auxílio da Receita e Polícia Federal. Em seguida, haverá transporte até um centro de distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP), antes das entregas aos estados.

O número de doses do segundo lote é igual ao do primeiro, que chegou ao país em 13 de janeiro. Além disso, a Pfizer, por meio de assessoria, confirmou que a empresa prevê envio ao Brasil de mais 1.818.000 vacinas em 27 de janeiro, o que deve fazer o total entregue no mês chegar a 4.314.000.

O indígena Davi Seremramiwe Xavante, de 8 anos, foi a primeira criança vacinada contra a Covid-19 no Brasil. Ele recebeu a dose na sexta, durante evento simbólico organizado pelo governo de São Paulo.

Vacinas para adultos aplicadas em crianças na UBS de Lucena estavam vencidas, diz secretário de Saúde

As vacinas da Pfizer, destinadas a adultos e adolescentes, que foram aplicadas em crianças na zona rural do município de Lucena, na região metropolitana de João Pessoa, estavam vencidas. A informação foi confirmada pelo secretário de saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros.

O lote vencido é o FM 3457. Após denúncias realizadas pelas famílias das crianças, o Ministério Público Federal da Paraíba está investigando a imunização inadequada. De acordo com a denúncia, cerca de 40 crianças teriam sido imunizadas com vacinas destinadas aos adultos.

A vacinação das crianças, menores de 11 anos, aconteceu semana passada no município, sete dias antes da chegada do imunizante com dosagem adequada para idade ao estado.

Em nota, a prefeitura de Lucena disse que “uma auxiliar que aplicou indevidamente e sem autorização vacinas” e que “está pondo a disposição das famílias acompanhamento médico e (também está) monitorando as crianças”.

Até o momento, segundo a prefeitura, as crianças que receberam as vacinas não apresentaram reações adversas. No entanto, as mães relataram sintomas como febre alta e vômito.

Naiara Azevedo anuncia parceria com Marília Mendonça ao entrar no ‘BBB’ e é criticada por família da cantora

A primeira controvérsia musical do “BBB22” começou ainda no confinamento. Naiara Azevedo, uma das participantes do programa que estreia nesta segunda-feira (17), anunciou que tem 12 músicas prontas, que podem ser lançadas ao longo do reality.

Uma faixa em parceria póstuma com Marília Mendonça foi alvo de críticas do irmão da cantora, João Gustavo. A equipe de Naiara Azevedo disse que foi uma “homenagem carinhosa”. Mas a família se diz magoada com a cantora por não ter sido procurada e afirma que não há liberação para o lançamento.

A entrada de Naiara na casa com um álbum pronto lembra o plano do sertanejo do BBB anterior, Rodolffo. Ele chegou om um DVD pronto com o companheiro Israel. A dupla se deu bem, com a música “Batom de cereja” no posto de mais tocada do ano no Brasil.

A inclusão da faixa “50 porcento” no projeto de Naiara foi alvo de críticas de João Gustavo. Ele disse, no Twitter, que Naiara entrou no BBB para “se promover”, que ela não iria “tirar o nome da minha irmã da boca” e que não iria aceitar “ninguém ganhar em nome dela”.

Após a publicação deste texto a família de Marília Mendonça divulgou um comunicado em que reafirma as críticas a Naiara Azevedo e afirma que não há liberação para o lançamento da faixa com a voz e a imagem de Marília.

Eles dizem que a cantora anunciou o lançamento póstumo sem procurar a família, ao contrário de outros artistas. O texto afirma que todas as músicas autorizadas por ela serão lançadas e cita mágoa pela “maneira estratégica de usar a mídia para forçar a liberação”. Leia:

“Estamos aqui com a missão de cumprir a vontade da Marília, todas as músicas autorizadas por ela em vida serão lançadas, como ela queria. O que nos magoa é usar a mídia de maneira estratégica para forçar a liberação, sem ao menos nos comunicar. Todos os artistas, têm tido o respeito de nos procurar. Nunca fomos contatados pela Naiara ou por ninguém da equipe dela. Os motivos para a negativa sempre coube a Marília. E nós iremos respeitar sempre a vontade dela, outras músicas ainda serão lançadas porque era o desejo dela. Infelizmente, temos lidado com este tipo de coisa diariamente. Não peçam para quem vive a dor se conformar com tudo, porque o que temos é muito maior, lidamos com a perda da filha, da irmã e da mãe, não se trata única e exclusivamente da artista Marília Mendonça”.

Djokovic está fora do Australian Open! Justiça australiana rejeita recurso e mantém visto cancelado

Novak Djokovic está definitivamente banido do Aberto da Austrália. Em julgamento final, o júri decidiu que o tenista sérvio ficará com seu visto cancelado e, portanto, impossibilitado de disputar a competição de tênis e buscar o recorde de 21 títulos no Grand Slam. O atual campeão do torneio será deportado e ainda terá que arcar com os custos do julgamento, que durou quase nove horas.

O Australian Open havia agendado a estreia de Djokovic no Grand Slam para segunda-feira, contra o também sérvio Miomir Kecmanovic. O horário do jogo, entretanto, constava como indefinido. A partida só seria confirmada caso o número 1 do mundo tivesse seu visto aprovado novamente.

O primeiro episódio para manter a realização dessa partida em aberto aconteceu na sexta-feira (14), quando o ministro dos Serviços a Imigrantes, Alex Hawke, cancelou de imediato o visto de Novak Djokovic por ele não estar vacinado contra a Covid-19. O tenista, então, entrou com um recurso para permanecer na Austrália a fim de reverter a decisão e conseguir participar do torneio.

Apesar da revogação do visto, a deportação do número 1 do mundo não foi autorizada logo em seguida. O destino do campeão do mundo ficou pendente justamente desse julgamento, que ocorreu em Melbourne e foi composto por júri da Corte Federal. Os juízes responsáveis por esse veredicto definitivo foram: James Allsop, Anthony Besanko e David O’Callaghan.

PBH vai pagar incentivo financeiro a hospitais por internações por síndrome respiratória aguda grave decorrente de gripe

A Prefeitura de Belo Horizonte vai repassar incentivos financeiros a hospitais que atenderem pacientes com Síndrome Respiratória Grave (SRAG) decorrente de gripe que necessitem de internação.

A remuneração complementar já era paga por internações de urgência de pacientes com SRAG causada pela Covid-19 e, agora, será ampliada devido ao aumento de infecções pelo vírus Influenza.

Os incentivos serão destinados a hospitais filantrópicos que disponibilizam leitos para a Central de Internação do SUS para tratamento de Covid-19 e gripe.

Os repasses serão feitos mensalmente, no mês seguinte ao das internações realizadas, enquanto durar o estado de calamidade pública, previsto para terminar em 31 de março.

O valor é de R$ 15.600 por internação por SRAG em UTI, e de R$ 3.900 por internação em enfermaria.

Segundo a portaria, publicada no Diário Oficial do Município nesta semana, a medida foi adotada considerando a necessidade de organizar e agilizar as transferências de pacientes com SRAG.

Além disso, é uma forma de incentivar a abertura de leitos no SUS diante do aumento da demanda. A ocupação das enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) vem crescendo nos últimos dias.

Na semana passada, os leitos de enfermaria voltados para o atendimento de casos Covid-19 chegaram à lotação máxima.

Segundo a prefeitura, pacientes com quadros gripais, ainda sem resultado positivo para o coronavírus, também podem estar internados nessas vagas por causa da semelhança dos sintomas. O município informou que, neste ano, até 11 de janeiro, 130 leitos de enfermaria Covid foram abertos na Rede SUS.

Meteoro visto no Triângulo Mineiro cruzou o céu a mais de 43 mil km/h

O meteoro que atingiu a atmosfera da Terra e foi visto por moradores do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, na noite de sexta-feira (14), atingiu velocidade de 43,7 mil km/h. O cálculo foi divulgado pela Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon).

O fenômeno foi relatado por moradores de Uberlândia, Patos de Minas, Nova Ponte, Santa Juliana, Pedrinópolis e Perdizes nas redes sociais. Segundo alguns depoimentos, um rastro de luz foi deixado no céu seguido de um estrondo.

Ainda de acordo com a Bramon, a análise de vídeos também apontou que a rocha espacial atingiu a atmosfera da Terra em um ângulo de 38,6° em relação ao solo. O brilho começou a uma altitude de 86,6 km sobre a zona rural de Uberlândia.

Ainda conforme a Rede Brasileira de Observação de Meteoros, os relatos de moradores do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba de que ouviram barulho de explosão e sentiram paredes e janelas tremerem indicam que a rocha pode ter gerado meteoritos, que são fragmentos que resistem à passagem atmosférica e atingem o solo.

A Bramom informou que trabalha nos cálculos para determinação do tamanho do objeto e da área de dispersão dos possíveis meteoritos.

Brasil registra 49,4 mil novos casos conhecidos de Covid em 1 dia

O Brasil registrou neste sábado (15) 49.459 novos casos conhecidos de Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 22.975.323 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 68.074 – é o 3º dia consecutivo que esse número fica acima de 60 mil. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +792%, indicando tendência de alta nos casos da doença.

Total de mortes: 621.007

Registro de mortes em 24 horas: 160

Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 147 (variação em 14 dias: +49%)

Total de casos conhecidos confirmados: 22.975.323

Registro de casos conhecidos confirmados em 24 horas: 49.459

Média de novos casos nos últimos 7 dias: 68.074 por dia (variação em 14 dias: +792%)

Em seu pior momento, a curva da média móvel nacional de casos chegou à marca de 77.295 novos casos diários, no dia 23 de junho de 2021.

O país também registrou 160 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 621.007 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 147. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +49%, indicando tendência de alta nos óbitos decorrentes da doença.

Oito estados não tiveram registro de morte neste sábado: AC, AL, AM, AP, PB, RR, ES, PR.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Meteoro é visto sobre região do Triângulo Mineiro

Parece coisa de filme, mas aconteceu: um meteoro foi avistado na região de Patos de Minas (MG). Usuários nas redes sociais registraram a queda na noite de ontem (14) e seus efeitos. Não houve relatos de danos causados pela queda do objeto, mas moradores puderam sentir um impacto de colisão.

O fenômeno foi visto em Uberlândia, Patos de Minas, Nova Ponte, Santa Juliana, Pedrinópolis, Monte Carmelo e Perdizes. Segundo relatos, o chão tremeu e um estrondo pôde ser ouvido. Câmeras de segurança das cidades gravaram o momento da queda do meteorito. O meteoro foi avistado por volta das 20h53.

“A Terra é bombardeada por micro meteoros diariamente”, afirma Gilberto Dumont, diretor do Observatório de Astronomia de Patos de Minas. Na região, já foram registradas outras quedas. Em maio de 2020, um brilho foi visto no céu próximo à cidade de Tiros (MG). Em agosto de 2020, um fenômeno considerado como surto de meteoros foi registrado pelo Observatório. Nenhuma das quedas gerou acidentes graves.

“Esse tipo de queda é comum, cai muito material na Terra, mas cai muito nos oceanos, em regiões que não são habitadas”, explica Diana Andrade, professora do Observatório do Valongo, da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), e caçadora de meteoritos. “Nem sempre gera fragmentos que chegam ao chão, às vezes eles se desintregam no ar, mas esse tem chance de ter gerado alguns”, afirma.