Cidade de SP estuda suspender velórios e concentrar sepultamentos em dois cemitérios

De acordo com secretário das Subprefeituras, mudança tem sido gradualmente implementada, com a concentração dos sepultamentos nos cemitérios Formosa 1 e 2, São Luís e Itaquera, a fim de melhorar a logística do transporte de corpos.

A Prefeitura de São Paulo estuda suspender os velórios e concentrar os sepultamentos em dois cemitérios da capital paulista para melhorar a logística, depois que a cidade bateu o recorde com 419 sepultamento em um único dia.

Em entrevista à rádio CBN nesta segunda-feira (5), Alexandre Modonezi, secretário das Subprefeituras, disse que a gestão municipal começou a implementar algumas medidas estabelecidas em um plano de contingenciamento criado em 2020, como a contratação de mais sepultadores, veículos e torres de iluminação para os enterros noturnos.

Ele afirmou que outras ações poderão ser adotadas se o número de sepultamentos continuar crescendo em São Paulo e ultrapassar os 500 por dia.

“Caso a gente tenha um crescimento muito grande, vamos fechar praticamente todos os cemitérios e trabalhar com dois – o Formosa 1 e 2, e o São Luís. Isso já foi feito em outras crises sanitárias do país pela logística”, explicou Modonezi.
E emendou: “A cidade é muito grande, e, se concentrar o esforço dos sepultadores, da mão de obra e das agências em dois lugares, conseguimos atender a demanda, que está fora da normalidade. Esse seria um caso extremo, esperamos que não aconteça, mas monitoramos a situação diariamente”.

O secretário acrescentou que a medida demandaria a suspensão dos velórios para evitar a aglomeração de pessoas, que poderiam ao menos acompanhar os sepultamentos.

No mês passado, agentes funerários da cidade de São Paulo relataram filas de corpos de vítimas da Covid-19 para remoções até velórios e cemitérios, quando uma empresa terceirizada assumiu o controle da logística dos traslados. Segundo eles, a falta de expertise da nova equipe atrasava o trabalho em um momento que já era de alta demanda.

A maior parte dos sepultamentos na cidade de São Paulo já está sendo gradualmente concentrada em alguns cemitérios. De acordo com Modonezi, a Prefeitura de São Paulo transferiu os jazigos públicos disponíveis para os cemitérios Formosa 1 e 2, São Luís e Itaquera para melhorar a logística do transporte e o sepultamento de corpos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s