Em São Bento do Una, vacinação contra covid-19 é suspensa e mais de 2 mil doses estão sob análise

Quase 3 mil doses de vacinas contra covid-19 estão sob análise na 4ª Gerência Regional de Saúde (GERES), em Caruaru. Por conta disso, o município de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, suspendeu a vacinação, nesta segunda-feira (5).

De acordo com a Secretaria de Saúde de São Bento do Una, a paralisação aconteceu após um problema com a oscilação de temperatura da câmara de conservação onde os imunizantes estavam armazenados. Com isso, cerca de 2.800 doses de vacinas da Astrazeneca e CoronaVac estão sob uma análise, aguardando diagnóstico sobre a possibilidade ou não de serem utilizadas.

Ainda não se tem previsão de quando a GERES irá emitir o laudo que irá apontar se as doses de vacina foram perdidas.

Atualmente, São Bento do Una tem vacinado idosos com idade a partir dos 65 anos, além de profissionais de saúde. Até a quinta-feira (1º), o município havia vacinado 6.089 moradores.

Resposta da Secretaria Estadual de Saúde

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) disse que já informou o caso ao Ministério da Saúde e reforçou a importância dos gestores municipais fazerem o monitoramento permanente das câmaras frias.

Confira a nota completa:

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), por meio do Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), informa que recebeu, no final da manhã desta segunda-feirs (05/04), relatório do município de São Bento do Una, no Agreste, sobre problema na câmara fria que armazena os imunobiológicos da cidade. Com a extorsão da temperatura no local, houve uma possível perda de 2.805 doses do imunizante contra a Covid-19, além de 410 vacinas para outras doenças. A SES-PE já informou o caso ao Ministério da Saúde (MS) e está passando todas as informações para avaliação do caso e análise dos imunizantes.

Para que casos como esse não ocorram, a SES reforça a importância dos gestores municipais fazerem o monitoramento permanente, inclusive aos finais de semana e feriados, das suas câmaras frias, que devem funcionar dentro dos parâmetros exigidos para conservação das vacinas. Além disso, é indispensável o controle dos estoques das doses contra o novo coronavírus e planejamento para que o insumo beneficie os grupos prioritários logo que seja entregue às secretarias municipais.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s