Ex-ministro de Bolsonaro, deputado quer que Renan Calheiros seja impedido de relatar CPI da Covid

Marcelo Álvaro Antônio diz que ele não pode exercer função por ser pai de possível alvo de investigação

O deputado Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG) enviou representação à Procuradoria-Geral da República em que argumenta que como o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), é filho de Renan Calheiros (MDB), o senador deve ser impedido de ocupar o posto de relator da CPI da Covid.

Como Renan Filho será objeto da CPI, dado que seu estado recebeu recursos federais no período, seu pai deveria se declarar suspeito, argumenta o ex-ministro do Turismo

O colegiado será instalado na próxima terça-feira (27).

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s