Padre Mateus pediu para abençoar o Papa Francisco na ausência de seus pais

Padre Mateus Henrique, de origem brasileira, um dos 9 sacerdotes ordenados pelo Papa Francisco neste domingo, 25, na Basílica de São Pedro, chamou a atenção por um gesto insólito. O neo-sacerdote pediu para abençoar o Papa depois da missa. Em entrevista a ACI Digital, Pe. Mateus explica seus motivos.

Padre Mateus nasceu em Afogados da Ingazeira (PE) e mudou-se para Roma há sete anos, para frequentar o Seminário de Nossa Senhora do Divino Amor. Sua trajetória vocacional nasceu trabalhando com um idoso a quem ajudava nas tarefas no computador.

“Ele tinha mais de 70 anos na época. Eu tinha 15 anos e fui recomendado para ser seu digitador. Entretanto ele me deu tarefas pouco comuns: você reza comigo, trabalha e depois reza comigo o rosário. Nós líamos a Palavra de Deus, trabalhávamos, depois rezávamos o terço, e, eventualmente íamos juntos à missa”, conta o neo-sacerdote.

“Ao longo da experiência”, diz padre Mateus, “eu sentia ali que alguma coisa estava mudando. O que era para mim uma obrigação de trabalho se tornou uma necessidade, um hábito de vida, de rezar antes de trabalhar. Ali eu sentia que o Senhor estava me chamando a algo… que aquele senhor não estava ali por acaso. Foi quando comecei a frequentar os encontros vocacional da diocese, e com meu pároco comecei meu discernimento vocacional”, conta o padre, ordenado no Domingo do Bom Pastor.

“Em 2010 iniciei o propedêutico e fui estudar filosofia em Recife e foi ali que conheci o carisma de Nossa Senhora do Divino Amor, fazendo pastoral com as pessoas carentes. Conheci as irmãs, cujo instituto tem sede em Roma e elas me apresentaram o carisma do Divino Amor. Em 2013 começou um discernimento pessoal e logo veio o pedido ao bispo para me desligar da diocese, para entrar na Congregação do Divino Amor. Assim, em 2014 fui para Roma para continuar conhecendo o carisma e realizar os estudos de teologia na Universidade Lateranense, sendo ordenado diácono em outubro passado e no último domingo, sacerdote”, resumiu.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s