Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco propõe adesão a lockdown de 21 dias

Em nota de posicionamento sobre o enfrentamento à pandemia de covid-19, o Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco (CES/PE) propõe que seja estruturada uma estratégia para a adesão rigorosa ao lockdown de 21 dias proposto na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 822. A ação responsabiliza o poder executivo pela calamidade sanitária causada pela pandemia de covid-19 e solicita que o Supremo Tribunal Federal (STF) instrua pelo lockdown nacional e o devido auxílio emergencial digno para garantir a sobrevivência de trabalhadores brasileiros.

O CES/PE reforça que imediatas medidas mais restritivas se faz necessária por causa do estado crítico e persistente de pressão da covid-19 sobre a rede assistencial, com 97% de ocupação de leitos de terapia intensiva (UTI), segundo atualização de 5 de maio. O conselho também chama a atenção para a marca de 558 óbitos registrados na semana epidemiológica 17 (25 de abril a 1º de maio), em Pernambuco.

O órgão colegiado ainda chama a atenção para o fato de que a estratégia atual, de reabertura de atividades, faz a população erroneamente entender que há uma situação de finalização da pandemia, o que leva a uma redução da adesão às medidas de controle de transmissão.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s