Erupção vulcânica atinge cidade na República Democrática do Congo

Um rio de lava procedente do vulcão Nyiragongo, no leste da República Democrática do Congo (RDC), atingiu o aeroporto da cidade de Goma no começo deste domingo (23), anunciaram autoridades locais. “A situação está piorando”, informou um oficial do Parque Nacional Virunga, onde se encontra o vulcão, em mensagem a funcionários, da qual a AFP recebeu uma cópia.

“Além do rio de lava na direção nordeste (Kibumba/Ruanda), outro rio desce sobre a cidade. Chegou agora ao aeroporto e deve descer até o Lago Kivu”, detalhou. “A erupção do Nyiragongo é semelhante a de 2002”, acrescentou o oficial, pedindo a todos que moram perto do aeroporto que deixem a região imediatamente. Ele assinalou que, no momento, “os outros bairros da cidade não correm perigo” e não devem ser alcançados pela lava.

Milhares de pessoas já haviam deixado a cidade antes mesmo de o Monte Nyiragongo começar a lançar uma fumaça vermelha no céu noturno. Autoridades ativaram um plano de evacuação no fim da noite. A última erupção do Nyiragongo havia sido em 17 de janeiro de 2002 e causou a morte de mais de 100 pessoas. O fenômeno cobriu de lava quase toda a parte leste de Goma, incluindo metade da pista de pouso do aeroporto.

Erupção

O vulcão Nyiragongo, próximo à cidade de Goma, na República Democrática do Congo (RDC), entrou em erupção neste sábado (22). O governador da província de Norte-Kivu, general Constant Ndima, confirmou a erupção, iniciada às 19h locais. “A população deve seguir as orientações da Defesa Civil”, declarou o general, em mensagem de áudio enviada à AFP.

Segundo um documento interno da missão da ONU no país (Monusco), ao qual a AFP teve acesso, um helicóptero militar “fez um voo de reconhecimento pela região e confirmou a erupção. O rio de lava, no entanto, dirige-se para Ruanda. A cidade de Goma e seus arredores estão a salvo.”

Antes do aviso oficial, um jornalista da AFP constatou desde Goma fortes labaredas vermelhas expelidas pelo vulcão, às margens do Lago Kivu. Moradores da cidade, alguns bastante assustados, corriam para casa ou olhavam com preocupação na direção da cratera, que domina Goma.

“O céu ficou vermelho. Ao longe, observam-se chamas gigantes. Mas não treme. As sirenes não foram acionadas”, contou à AFP por telefone a moradora Carine Mbala. O fornecimento de energia foi interrompido na cidade.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s