São Bento do Una descarta 2,8 mil doses de vacinas contra Covid-19 após problema de refrigeração

O Ministério da Saúde afirmou que as 2,8 mil doses de vacinas da Astrazeneca e CoronaVac de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, que estavam sob análise do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), foram classificadas como insatisfatórias, ou seja, não poderão ser utilizadas na população para prevenir a covid-19.

Os imunizantes foram encaminhados ao instituto após haver um problema com a oscilação de temperatura da câmara de conservação onde os imunizantes estavam armazenados, no último dia 5 de abril.

De acordo com a pasta, as vacinas perdidas, que correspondem a 10% das doses distribuídas, já são previamente calculadas e supridas pelo Ministério da Saúde.

“Outras perdas, que possam extrapolar àquelas já calculadas, devem ser observadas junto às esferas de origem (estados e municípios), que remetem o registro, e são devidamente orientadas com relação ao protocolo correto de segurança a ser adotado”, diz trecho da nota.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s