Bolsonaro minimiza atos que reuniram milhares contra o governo no último sábado

O presidente Jair Bolsonaro se manifestou nesta segunda-feira (31) sobre os atos de protesto contra o governo realizados no último sábado (29) em várias cidades do país.

A apoiadores, na entrada da residência oficial do Palácio da Alvorada, ele afirmou que havia “pouca gente” nas manifestações e atribuiu isso a apreensões de maconha pela Polícia Federal e pela Polícia Rodoviária Federal.

“Você sabe por que que tem pouca gente nessa manifestação da esquerda agora no último fim de semana? Porque a PF e a PRF estão prendendo muita maconha pelo Brasil. Então, faltou erva, faltou erva, faltou erva para o movimento aí.”

Todos os estados e o Distrito Federal registraram manifestações contra o governo, que reuniram milhares de pessoas.

Em Brasília, manifestantes fizeram carreata e se concentraram em frente ao Congresso Nacional. No Rio, quase todas as pistas da avenida Presidente Vargas ficaram fechadas. Em São Paulo, o protesto ocupou dez quarteirões da avenida Paulista.

A maioria dos manifestantes usava máscaras. Eles pediam o impeachment do presidente, vacina contra a Covid-19 e o retorno do auxílio emergencial.

Foi a primeira vez, desde o início da pandemia do coronavírus no Brasil, em março de 2020, que um número significativo de manifestantes contrários ao atual governo tomou as ruas, rompendo um longo período marcado por atos políticos realizados apenas por simpatizantes do governo.

Os atos aconteceram em pelo menos 180 municípios, de 24 estados e do Distrito Federal.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s