Garanhuns suspende comercialização de bebidas alcoólicas como forma de conter a Covid-19

Em virtude do aumento no registro de casos de Covid-19 no Agreste de Pernambuco, algumas cidades têm adotado medidas restritivas ainda mais rígidas do que as estabelecidas pelo Governo do Estado para conter o avanço da contaminação pelo vírus. É o caso de Garanhuns, que suspendeu a comercialização de bebidas alcoólicas “em qualquer hipótese”, por meio de decreto publicado no último sábado (29). A medida é válida até o próximo dia 6 de junho.

De acordo com o decreto, podem funcionar supermercados, padarias, mercados, mercearias, comércio atacadista de alimentos e demais estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar da população. No entanto, está vedada “em qualquer hipótese, a comercialização de bebida alcoólica, inclusive no sistema delivery (entrega em domicílio) e/ou ponto de coleta”. Restaurantes, lanchonetes e similares, que só podem funcionar no sistema delivery, também não podem comercializar bebidas alcoólicas.

O decreto segue a orientação do governo estadual de que o chefe do Poder Executivo municipal poderá estabelecer normas complementares para conter a pandemia de acordo com as especificidades e necessidades locais. O município tem registrado uma superlotação dos leitos de UTI há várias semanas e até o dia 29 de maio havia confirmado 11.344 casos de coronavírus e 201 óbitos provocados pela doença.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s