Pernambuco anuncia mais restrições para conter o novo Coronavírus. Confira os segmentos autorizados a abrir no fim do semana

O governo de Pernambuco anunciou em coletiva, nesta quarta-feira (2), medidas mais restritivas em uma nova região do Estado em função dos números da pandemia do novo coronavírus.

A partir deste final de semana, medidas mais rígidas serão no municípios da 3ª Macrorregião, que compõe as regionais de Arcoverde, Serra Talhada e Afogados da Ingazeira.

Além disso, ficou determinada prorrogação das medidas até 13 de junho no Grande Recife, Zona da Mata e Agreste do Estado.

Atividades autorizadas na quarentena

I – serviços públicos municipais, estaduais e federais, inclusive os outorgados ou
delegados, nos âmbitos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, dos Ministérios
Públicos e dos Tribunais de Contas, e representações diplomáticas, devendo ser priorizado o
teletrabalho;
II – farmácias e estabelecimentos de venda de produtos médico-hospitalares;
III – postos de gasolina, inclusive loja de conveniência, apenas para ponto de coleta;
IV – serviços essenciais à saúde, como médicos, clínicas, hospitais, laboratórios e
demais estabelecimentos relacionados à prestação de serviços na área de saúde, observados os
termos de portaria ou outras normas regulamentares editadas pelo Secretário Estadual de
Saúde;
V – serviços de abastecimento de água, gás e demais combustíveis, saneamento, coleta
de lixo, energia, telecomunicações e internet;
VI – clínicas e os hospitais veterinários e assistência a animais, inclusive em shopping
centers;
VII – serviços funerários;
VIII – hotéis e pousadas, incluídos os restaurantes e afins, localizados em suas
dependências, com atendimento restrito aos hóspedes;
IX – serviços de manutenção predial e prevenção de incêndio;
X – serviços de transporte, armazenamento de mercadorias e centrais de distribuição;
XI – estabelecimentos industriais e logísticos, bem como os serviços de transporte,
armazenamento e distribuição de seus insumos, equipamentos e produtos;
XII – lojas de veículos e oficinas de manutenção e conserto de máquinas, equipamentos,
veículos leves e pesados e, em relação a estes, a comercialização e serviços associados de
peças e pneumáticos;
XIII – restaurantes, lanchonetes e similares, por meio de entrega a domicílio, em ponto
de coleta, na modalidade drive thru, e para atendimento presencial exclusivo a caminhoneiros,
sem aglomeração;
XIV – serviços de auxílio, cuidado e atenção a idosos, pessoas com deficiência e/ou
dificuldade de locomoção e do grupo de risco, realizados em domicílio ou em instituições
destinadas a esse fim;
XV – serviços de segurança, limpeza, vigilância, portaria e zeladoria em
estabelecimentos públicos e privados, condomínios, entidades associativas e similares;
XVI – imprensa;
XVII – serviços de assistência social e atendimento à população em estado de
vulnerabilidade;
XVIII – transporte coletivo de passageiros, incluindo taxis e serviços de aplicativos de
transporte, devendo observar normas complementares editadas pela autoridade que
regulamenta o setor;
XIX – supermercados, padarias, mercados e demais estabelecimentos voltados ao
abastecimento alimentar da população;
XX – atividades de construção civil;
XXI – processamento de dados e call center ligados a serviços autorizados a funcionar;
XXII – serviços de entrega em domicílio de qualquer mercadoria ou produto;
XXIII – serviços de suporte portuário, como operadores portuários, agentes de
navegação, praticagem e despachantes aduaneiros;
XXIV – pesca artesanal;
XXV – lojas de materiais e equipamentos de informática;
XXVI – lojas de defensivos e insumos agrícolas;
XXVII – casas de ração animal e petshops;
XXVIII – bancos e serviços financeiros, inclusive lotéricas;
XXIX – oficinas e assistências técnicas em geral;
XXX – lojas de material de construção e prevenção de incêndio;
XXXI – lojas de produtos de higiene e limpeza;
XXXII – depósitos de gás e demais combustíveis;
XXXIII – lavanderias;
XXXIV – prestação de serviços de advocacia urgentes, que exijam atividade presencial;
XXXV – estabelecimentos de aviamentos e de tecidos, exclusivamente para o
fornecimento dos insumos necessários à fabricação de máscaras e outros Equipamentos de
Proteção Individual – EPI`s relacionados ao enfrentamento do coronavírus;
XXXVI – restaurantes, lanchonetes e similares localizados no Ceasa, bem como em
unidades hospitalares e de atendimento à saúde e no aeroporto ou terminal rodoviário, desde
que destinados exclusivamente ao atendimento dos trabalhadores, de profissionais da saúde,
pacientes e acompanhantes, e passageiros, respectivamente;
XXXVII – prestação de serviços de contabilidade urgentes, que exijam atividade
presencial;
XXXVIII – lojas e estabelecimentos situados em shopping centers e similares, por meio
de entrega em domicílio e/ou como ponto de coleta no estacionamento, na modalidade drive
thru.
XXXIX- estabelecimentos voltados ao comércio atacadista;
XL – atividades de engenharia, arquitetura e urbanismo para situações urgentes e de
apoio à construção civil;
XLI – estabelecimentos públicos e privados de ensino, para preparação, gravação e
transmissão de aulas pela internet ou por TV aberta, e o planejamento de atividades
pedagógicas; e
XLII – óticas.

A medida foi anunciada nesta quarta-feira (2), após a região ter apresentado uma aceleração expressiva no número de novos casos da Covid-19 e nas solicitações por leitos de UTI nas últimas semanas.

Pernambuco tem mais de 300 pessoas na fila por uma Unidade de Terapia Intensiva e bateu recordes de pessoas com Covid-19 internadas. O Conselho Regional de Medicina solicitou ao estado medidas mais rigorosas, considerando que as atuais não foram suficientes para conter o contágio.

No estado, estão proibidos o funcionamento de clubes sociais, esportivos e agremiações; salas de cinema e teatro; museus e demais equipamentos culturais; parques de diversão, temáticos e similares. Seguem sem autorização as competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer, com exceção dos jogos de futebol profissional, sem público.

Continua proibida a realização de shows, festas, eventos sociais e corporativos de qualquer tipo, com ou sem comercialização de ingressos, em ambientes fechados ou abertos, públicos ou privados, inclusive em clubes sociais, hotéis, bares, restaurantes, faixa de areia e barracas de praia.

Praias marítimas e fluviais, inclusive os calçadões e parques, fecham nos fins de semana. As atividades econômicas e sociais, como o comércio em geral, inclusive shopping centers e galerias comerciais, podem abrir das 10h às 20h, de segunda-feira a sexta-feira, e das 9h às 17h ou das 10h às 18h, nos finais de semana e feriados (veja outros horários mais abaixo).

Em relação às igrejas e aos templos religiosos, nos municípios onde a quarentena dura apenas no final de semana (veja lista no final desta reportagem), podem abrir das 5h às 20h de segunda a sexta. Nos sábados e domingos, funcionam apenas para serviços administrativos e para gravação de lives, de cultos, de missas, através de redes sociais, sem a presença de público.

Confira, abaixo, as atividades proibidas e permitidas nos dias de quarentena e o período em que as restrições são válidas em cada região, dividida por Gerência Regional de Saúde (Geres):

Horários
O comércio de bairro, como os estabelecimentos varejistas de pequeno porte situados em áreas residenciais, fora de shopping centers e galerias comerciais, pode abrir: das 8h às 18h, das 9h às 19h ou das 10h às 20h, de segunda-feira a sexta-feira; das 9h às 17h ou das 10h às 18h, nos finais de semana e feriados.

As lojas de material de construção podem funcionar: das 7h às 17h, das 8h às 18h, das 9h às 19h ou das 10h às 20h, de segunda-feira a sexta-feira; das 9h às 17h ou das 10h às 18h, nos finais de semana e feriados.

Os escritórios comerciais e de prestação de serviços estão autorizados a abrir: das 10h às 20h de segunda-feira a sexta-feira; das 9h às 17h ou das 10h às 18h, nos finais de semana e feriados.

Salões de beleza, barbearias, cabeleireiros e similares podem funcionar: das 10h às 20h de segunda-feira a sexta-feira; das 9h às 17h ou das 10h às 18h, nos finais de semana e feriados.

Academias e demais estabelecimentos voltados à prática de atividades físicas podem abrir: das 5h às 20h de segunda-feira a sexta-feira; das 5h às 18h nos finais de semana e feriados.

Continua proibida a utilização de som e shows em restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência, bares e similares, que estão autorizados a funcionar: das 5h às 20h de segunda-feira a sexta-feira; das 9h às 17h ou das 10h às 18h, nos finais de semana e feriados.

Os restaurantes, lanchonetes, bares e similares, em qualquer horário, podem realizar entrega a domicílio e funcionar como ponto de coleta e por drive-thru.

Quarentena todos os dias
Geres 2:

Bom Jardim
Casinhas
Cumaru
Feira Nova
João Alfredo
Limoeiro
Machados
Orobó
Passira
Salgadinho
Surubim
Vertente do Lério

Geres 5:

Águas Belas
Angelim
Bom Conselho
Brejão
Caetés
Calçados
Canhotinho
Capoeiras
Correntes
Garanhuns

Iati
Itaíba
Jucati
Jupi
Lagoa do Ouro
Lajedo
Palmerina
Paranatama
Saloá
São João
Terezinha

Geres 4:

Agrestina
Alagoinha
Altinho
Barra de Guabiraba
Belo Jardim
Bezerros

Bonito
Brejo da Madre de Deus
Cachoeirinha
Camocim de São Felix
Caruaru
Cupira
Frei Miguelinho
Gravatá
Ibirajuba
Jataúba
Jurema
Panelas

Pesqueira
Poção
Riacho das Almas
Sairé
Sanharó
Santa Cruz do Capibaribe
Santa Maria do Cambucá
São Bento do Uma
São Caetano
São Joaquim do Monte
Tacaimbó
Taquaritinga do Norte
Toritama
Vertentes

Quarentena nos finais de semana
Geres 1:

Abreu e Lima
Araçoiaba
Cabo de Santo Agostinho
Camaragibe
Chã de Alegria
Chã Grande
Fernando de Noronha
Glória do Goitá
Igarassu
Itamaracá
Ipojuca
Itapissuma
Jaboatão dos Guararapes
Moreno
Olinda
Paulista
Pombos
Recife
São Lourenço da Mata
Vitória de Santo Antão

Geres 2:

Bom Jardim
Buenos Aires
Carpina
Casinhas
Cumaru
Feira Nova
João Alfredo
Lagoa de Itaenga
Lagoa do Carro
Limoeiro
Machados
Nazaré da Mata
Orobó
Passira
Paudalho
Salgadinho
Surubim
Tracunhaém
Vertente do Lério
Vicência

Geres 3:

Água Preta
Amaraji
Barreiros
Belém de Maria
Catende
Cortês
Escada
Gameleira
Jaqueira
Joaquim Nabuco
Lagoa dos Gatos
Maraial
Palmares
Primavera
Quipapá
Ribeirão
Rio Formoso
São Benedito do Sul
São José da Coroa Grande
Sirinhaém
Tamandaré
Xexéu

Geres 6:

Arcoverde
Buíque
Custódia
Ibimirim
Inajá
Jatobá
Manarí
Pedra
Petrolândia
Sertânia
Tacaratu
Tupanatinga
Venturosa

Geres 10:

Afogados da Ingazeira
Brejinho
Carnaíba
Iguaraci
Ingazeira
Itapetim
Quixaba
Santa Terezinha
São José do Egito
Solidão
Tabira
Tuparetama

Geres 11:

Betânia
Calumbi
Carnaubeira da Penha
Flores
Floresta
Itacuruba
Santa Cruz da Baixa Verde
São José do Belmonte
Serra Talhada
Triunfo

Geres 12:

Aliança
Camutanga
Condado
Ferreiros
Goiana
Itambé
Itaquitinga
Macaparana
São Vicente Ferrer
Timbaúba

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s