Olinda e Jaboatão proíbem fogos e fogueiras no período junino devido à pandemia da Covid-19

A prefeitura de Olinda anunciou, na última sexta-feira (11), medidas para tentar evitar a propagação da Covid-19 durante o período junino. Uma das restrições é a proibição de fogos e fogueiras. Essa determinação também está em vigor em Jaboatão dos Guararapes, que manteve, este ano, a norma de 2020.

Em Olinda, a restrição vale para todo o território municipal, em espaços públicos e privados, incluindo condomínios. Essa medida fica em vigor até que acabe o estado de calamidade pública devido à pandemia.

A proibição ocorre, principalmente, porque as fogueiras causam risco de queimaduras e agravamento de doenças respiratórias. A restrição também determina que secretarias municipais devem suspender a concessão e não expedir renovação de licenças autorizadoras da venda de fogos de artifício.

Em 2020, a prefeitura de Olinda adotou a mesma determinação. No dia 23 de junho, véspera de São João, o município realizou uma operação para apreender fogueiras irregulares. Com a lenha recolhida, foi possível encher três caminhões. A tradição junina foi proibida por decreto municipal.

Em Jaboatão dos Guararapes, o decreto municipal que proíbe fogos e fogueiras no São João por causa da Covid-19, aprovado em 2020, vale também para 2021. A medida fica em vigor “enquanto perdurar o estado de calamidade pública“, segundo a prefeitura.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s