Cinco capitais suspendem vacinação contra Covid por falta de imunizante

Pelo menos cinco capitais brasileiras estão com a aplicação da primeira dose de vacinas contra o novo coronavírus paradas nesta terça-feira (22) –a maioria devido à falta de imunizantes para seguir o cronograma.

Além de São Paulo, que anunciou nesta segunda a suspensão, João Pessoa, Aracaju, Florianópolis e Campo Grande estão aplicando apenas a segunda dose .

Na capital paulista, a suspensão foi anunciada depois que 300 postos registraram falta de doses na segunda-feira. A previsão é que na terça seria realizada a repescagem para pessoas de 50 e 59 anos.

Segundo a coluna Mônica Bergamo na Folha de São Paulo, a previsão é que 186 mil doses da Coronavac sejam entregues pelo governo do estado para a capital ainda nesta terça para a aplicação de primeira dose, e a vacinação seja retomada na quarta.

Em João Pessoa, o calendário desta terça prevê a aplicação de segundas doses de Coronavac, para quem completou 28 dias da primeira dose, e AstraZeneca, para quem tem 90 dias desde a primeira vacinação. A previsão é que mais vacinas cheguem nesta quarta, segundo a prefeitura.

Aracaju teve vacinação durante o fim de semana acima do previsto e, por isso, precisou suspender a primeira dose — foram 20.127 pessoas vacinadas. A capital de Sergipe parou na faixa etária de 40 anos ou mais para pessoas sem comorbidades e espera novos lotes para avançar para o público de 39 e 38 anos.

Em Florianópolis, a prefeitura diz que esgotou as 8.500 vacinas recebidas para a primeira dose em dois dias e que reserva 150 que ainda tem em estoque para lactantes, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias depois do parto).

A vacinação na capital catarinense está focada na segunda dose para pessoas de 67 anos ou mais e daquelas para as quais já passou o prazo para o reforço. A primeira dose parou na faixa etária de 50 anos ou mais.

Campo Grande também segue a vacinação apenas com a segunda dose, dos imunizantes Coronavac e AstraZeneca. A capital de Mato Grosso do Sul diz que a suspensão nesta terça foi uma medida excepcional para vacinar as pessoas que estão aguardando a segunda dose ou com a aplicação dela atrasada.

A prefeitura diz que a aplicação da primeira dose por faixa etária e seguindo grupos prioritários será retomada na quarta. Entre a última sexta e domingo, Campo Grande recebeu o total de 56 mil doses de imunizantes da Pfizer, Coronavac e AstraZeneca que estão sendo direcionados à primeira e à segunda doses.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s