Morre Roberta, mulher trans que teve 40% do corpo queimado por adolescente no Recife

Morreu, na manhã desta sexta-feira (9), a mulher trans Roberta Silva, de 33 anos, que teve 40% do corpo queimado por um adolescente no dia 24 de junho, no Cais de Santa Rita, área central do Recife.

Roberta estava internada no Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife.

O óbito de Roberta ocorreu por volta das 9h desta sexta-feira e foi confirmado pela assessoria de comunicação do HR. Segundo a unidade de saúde, ela tinha sido novamente intubada e, nos últimos três dias, apresentou piora nos sistemas respiratório e renal.

Com o quadro agravado nas últimas horas, Roberta sofreu falência dos sistemas respiratório e renal e não resistiu após passar 15 dias lutando pela vida.

A codeputada estadual Robeyoncé Lima, do mandato coletivo Juntas (PSOL), lamentou a morte de Roberta. “Atacada de maneira cruel, ela foi mais uma vítima da transfeminicídio em Pernambuco. Mandemos boas energias para que ela tenha uma passagem serena e também honremos sua memória”, postou em seu perfil no Twitter.

Me foi informado agora pouco do falecimento da companheira Roberta. Atacada de maneira cruel, ela foi mais uma vítima da transfeminicídio em Pernambuco.

Mandemos boas energias para que ela tenha uma passagem serena e também honremos sua memória.

— Robeyoncé Lima (@RobeyonceLima) July 9, 2021

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s