Após três meses, vacinação contra a gripe atinge só 48% do público-alvo em Pernambuco

Passados três meses do início da campanha de vacinação contra a gripe, Pernambuco só conseguiu imunizar 48% do público prioritário, que é formado por cerca de 3,5 milhões de pessoas que vivem no Estado.

A baixa adesão é preocupante, pois a gripe é uma doença grave, que pode evoluir com complicações e levar ao óbito, especialmente entre os grupos que têm fatores de risco, como comorbidades.

Além desses, também podem apresentar condições graves pela infecção pessoas idosas, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto).

A meta é vacinar pelo menos 90% de cada um dos grupos prioritários da campanha. Mas, mesmo depois de 90 dias de mobilização, todos os segmentos aptos para se imunizar contra gripe apresentam cobertura vacinal abaixo do desejado no Estado.

A menor cobertura está entre os idosos, pois apenas 48% deles receberam dose contra a doença em Pernambuco. Em seguida, vêm os trabalhadores da saúde (56%), as crianças (69%), as gestantes (74%) e puérperas (89%).

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s