Pernambuco já aplicou mais de 6 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19

Pernambuco chegou à marca de mais de 6 milhões de doses aplicadas da vacina contra a Covid-19. São exatas 6.074.066 unidades dos imunizantes já no braço dos pernambucanos. Desse total, 4.340.662 foram de primeiras doses, chegando a 60% da população acima dos 18 anos. Ainda foram aplicadas 1.733.404 segundas doses e doses únicas, o que representa 23,99% dos adultos com o esquema vacinal completo.

“Desde o início da campanha, em janeiro, o Estado tem mantido uma operação logística para entrega das vacinas com agilidade e segurança a todas as cidades pernambucanas. Isso permite que os gestores municipais também possam iniciar suas ações rapidamente, garantindo, assim, o acesso dos imunizantes à população. Toda vacina deve ser disponibilizada de imediato à população, para conseguirmos criar uma barreira efetiva contra casos graves da Covid-19, evitando mais internamentos e óbitos. Os pernambucanos também devem ficar atentos ao andamento no seu município e fazer valer o seu direito à imunização quando for a sua vez. As vacinas são seguras, salvam vidas e são nossa principal esperança para combater essa pandemia”, afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo.


A superintendente de Imunizações da SES-PE, Ana Catarina de Melo, ainda destaca a importância da população finalizar o esquema vacinal caso o imunizante seja com duas doses.

“Das quatro vacinas utilizadas no Brasil, três fabricantes preconizam a aplicação de uma segunda dose. Só assim o corpo produzirá uma resposta imunológica robusta contra a Covid-19. As pessoas precisam ficar atentas para fazer essa segunda dose no período ideal. Os municípios também devem criar estratégias para convocar possíveis faltosos, se valendo da comunicação e da busca ativa para que possamos garantir esse esquema completo”, reforça.

Ao todo, foram feitas a primeira dose em 318.993 trabalhadores de saúde; 26.147 povos indígenas aldeados; 44.219 em comunidades quilombolas; 7.700 idosos em Instituições de Longa Permanência; 677.602 idosos de 60 a 69 anos; 603.168 idosos de 70 e mais; 2.463 pessoas com deficiência institucionalizadas; 421.495 pessoas com comorbidades; 34.254 pessoas com deficiência permanente; 67.258 gestantes e puérperas; 402.095 trabalhadores de serviços essenciais; 1.935 pessoas em situação de rua; 30.946 pessoas privadas de liberdade, além de 1.702.387 pessoas de 18 a 59 anos.

Em relação às segundas doses, já foram beneficiados 252.452 trabalhadores de saúde; 25.974 povos indígenas aldeados; 35.773 em comunidades quilombolas; 5.943 idosos institucionalizados; 527.958 idosos de 60 a 69 anos; 516.031 idosos de 70 anos e mais; 1.191 pessoas com deficiência institucionalizadas; 91.848 pessoas com comorbidades; 3.739 pessoas com deficiência permanente; 2.449 gestantes e puérperas; 30.218 trabalhadores de serviços essenciais; 109 pessoas em situação de rua; 28.250 pessoas privadas de liberdade; 44.446 pessoas de 18 a 59 anos.

Em relação à dose única, foram beneficiadas 2.103 idosos de 60 a 69 anos; 501 idosos de 70 anos e mais; 2.502 pessoas com comorbidades; 373 pessoas com deficiência permanente; 12.197 trabalhadores de serviços essenciais; 949 pessoas em situação de rua, além de 148.398 pessoas de 18 a 59 anos.

Desde o início da campanha, em 18 de janeiro, já são 7.280.600 doses disponibilizadas aos pernambucanos, sendo 3.556.670 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz, 2.577.360 da Coronavac/Butantan, 978.120 da Pfizer/BioNTech e 168.450 da Janssen.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s