Bia Ferreira vence Mira Potkonen e vai à disputa do ouro no boxe

Pela primeira vez na história, o Brasil tem uma mulher numa final do boxe olímpico. A campeã mundial do peso leve (até 60kg), Beatriz Ferreira, se classificou à final da categoria na madrugada desta quinta-feira, ao derrotar a finlandesa Mira Potkonen por decisão unânime (5:0) dos juízes na semifinal das Olimpíadas de Tóquio 2020.

Até então, o melhor resultado de uma mulher brasileira no boxe havia sido a medalha de bronze de Adriana Araújo em Londres 2012, primeira Olimpíada com disputa feminina no ringue. Com a prata garantida, Bia já supera o feito da amiga, de quem foi sparring na Rio 2016. Na final, na madrugada de sábado para domingo às 2h (horário de Brasília), ela disputará o ouro contra a irlandesa Kellie Anne Harrington, que venceu Sudaporn Seesondee por decisão dividida.

Eu quero (a medalha) dourada, vou brigar até o fim. Vamos adiante, vamos subir no pódio, ficar no lugar mais alto e ouvir o nosso hino. Vai ser difícil tirar ela de mim. Treinei o tempo todo pra isso – exclamou Bia após a luta. E ela deixou um recado para a família:

Pai, mãe, estou na final dos Jogos Olímpicos! Obrigada!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s