Bolsonaro tumultua para tirar foco da CPI, afirma Randolfe Rodrigues

O vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), avaliou em entrevista à CNN que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tumultua o ambiente político para desviar o foco da comissão.

Segundo o parlamentar, os ataques às instituições desferidos pelo chefe do Executivo federal visam intimidar a CPI.

“Esses ataques e aumentos de tom têm também um objetivo claro, desviar o foco do que é central… o preço da carne, o preço do óleo de soja, as denúncias de corrupção sob o governo, o aumento da taxa de juros, a inflação descontrolada”, disse. “Se não fosse a CPI, o Brasil saberia dos mais de 101 e-mails da Pfizer negados pelo governo”.

Para Randolfe, o depoimento prestado nesta quinta-feira (5) pelo ex-assessor do Ministério da Saúde Airton Cascavel demonstra os motivos pelos quais o país registra mais de meio milhão de mortos pela Covid-19 e tem uma das piores gestões contra o novo coronavírus.

“A gestão, em especial, do ministro Eduardo Pazuello, que foi a gestão que durou nos piores momentos da pandemia, foi marcada por isso, pelo improviso. Foi marcado por agentes que não eram oficializados, agentes estranhos à própria administração pública”, afirmou.

O senador disse ser a favor da entrega do relatório dos trabalhos da comissão até o fim de setembro, “no mais tardar começo de outubro”, e ressaltou, porém, que a CPI já tem os elementos necessários para a conclusão do inquérito.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s