Soldados turcos cuidam de bebê que mãe entregou através de cerca no aeroporto de Cabul, no Afeganistão

Soldados turcos passaram mais de um dia cuidando da pequena Hadiya, de apenas dois meses, depois que a mãe dela, em desespero, a entregou a eles por cima de uma cerca de arame farpado no aeroporto de Cabul, no Afeganistão, na quinta-feira (19).

As cenas de mulheres tentando entregar seus filhos pequenos para salvá-los enquanto uma multidão se espremia para tentar fugir do país por causa da tomada do poder pelo Talibã comoveu e preocupou muita gente. Algumas crianças chegaram a ficar feridas pelos arames da cerca.

Farista Rahmani, mãe de Hadiya, se perdeu de seu marido, Ali Musa Rahmani, e ficou com medo de que a filha ficasse ferida ou acabasse caindo e sendo pisoteada na confusão. Por isso decidiu entregar o bebê aos soldados, segundo a agência Reuters.

Hadiya ficou sob os cuidados de soldados turcos, que estão distribuindo água e alimentos aos afegãos que lotam o aeroporto internacional de Cabul. Eles logo conseguiram achar o pai da criança, que estava em um dos portões, buscando desesperadamente pela mulher e pela filha.

Ali Musa foi levado ao encontro do bebê em uma área de segurança, mas todos os pertences da criança estavam com a mãe, até aquele momento perdida na multidão.

Os soldados então se encarregaram de trocar a fralda de Hadiya e alimentá-la, além de garantir um rodízio de colos para que ela se acalmasse.

Nesta sexta (20), a família foi reunida, depois que Farista foi finalmente localizada.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s