Paulista vacina adolescentes contra Covid com imunizante não autorizado pela Anvisa para menores de 18 anos

Pelo menos dois adolescentes, de 15 e 17 anos, foram vacinados contra a Covid-19 com um imunizante não autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para menores de 18 anos. Os casos ocorreram no Shopping Norte Janga, em Paulista, no Grande Recife, dias após o município ampliar a campanha para pessoas entre 12 e 16 anos com comorbidades ou deficiências.

No dia 17 de agosto, o governo do estado liberou a vacinação de pessoas com idades a partir de 12 anos, com comorbidades.

O imunizante aplicado nos dois menores de idade foi o desenvolvido pela Universidade de Oxford e o laboratório Astrazeneca, e importada pela Fiocruz. No Brasil, a única vacina autorizada pela Anvisa para aplicação em menores de idade é a produzida pela Pfizer.

Os dois casos foram confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). A prefeitura da cidade informou que procurou as famílias e “já está oferecendo todo o acompanhamento necessário”.

Um representante da Sociedade Brasileira de Imunologia aponta um “erro programático” na campanha, mas afirma que o risco é “pequeno” para eventos adversos.

Em São Paulo, houve casos semelhantes. O município de Rio Grande da Serra vacinou ao menos dez adolescentes contra a Covid-19 com imunizantes que não o da Pfizer, único que tem autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser aplicado em menores de 18 anos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s