‘Bolsonaro flerta com um golpe dentro do golpe’, diz Dilma Rousseff

A ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) analisou os quase cinco anos desde o impeachment que a tirou do poder em 31 de agosto de 2016. Para ela, o golpe na democracia já foi dado com seu impedimento, o que ocorre agora é que Jair Bolsonaro flerta com ‘um golpe dentro do golpe’. As declarações foram dadas em entrevista à revista Focus Brasil, da Fundação Perseu Abramo.

“O golpe ocorreu em 31 de agosto de 2016. O que estamos vivendo agora é a possibilidade de um novo golpe baseado nas formas derivadas da guerra híbrida. Lá atrás, houve um golpe parlamentar, judiciário e midiático. Mas, sobretudo, um golpe do setor financeiro, do capitalismo financeirizado. Um golpe neoliberal. Não houve uma intervenção clássica militar, mas uma manipulação das regras legais”, afirma Dilma, que em seguida acrescenta: “Ali aconteceu uma ruptura violenta contra o status quo da democracia”.

Para ela, “o que estamos vivendo são as etapas do possível endurecimento do regime político no Brasil. O governo flertando com a possibilidade de um golpe dentro do golpe”. Essa possibilidade, como explica, já estava anunciada há cinco anos, mas o Judiciário só teria ‘se movimentado’ porque as ameaças agora estão direcionadas a eles.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s