Após retirar bandeira do Brasil Império por decisão de Fux, TJ-MS exalta período da monarquia

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) exaltou em uma rede social, nesta terça-feira (7), o início da monarquia constitucional no Brasil, como o “mais longo e promissor período de estabilidade e progresso durante a forma monárquica de governo”.

A publicação veio logo após a retirada da bandeira do Brasil Império da sede do Tribunal, em Campo Grande, por determinação do presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux.

Na postagem feita pela página “tjmsoficial” em uma rede social, o Tribunal de Justiça destaca o dia 7 de setembro, com uma bandeira do Brasil ao fundo, e afirma que “há 199 anos o Brasil declarava a sua independência de Portugal para se tornar uma monarquia constitucional, tendo como Imperador D. Pedro I”.

A mensagem segue dizendo que “começou, então, o mais longo e promissor período de estabilidade e progresso durante a forma monárquica de governo”, finaliza. Pouco mais de 4 horas depois de ser publicada, a postagem já tinha mais de 500 curtidas e 150 comentários – estes, em grande maioria, críticos ao conteúdo da mensagem.

Procurado pelo G1 para comentar a postagem, o TJ-MS não havia respondido até a publicação desta reportagem.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s