Alexandre Frota vai protocolar ‘CPI da Facada’ para investigar atentado a Jair Bolsonaro

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), ex-aliado do presidente Jair Bolsonaro, protocolou nesta segunda (13) o pedido de abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a facada contra o, na época, candidato à presidência em 2018.

“Bolsonaro tinha 8 segundos de televisão e passou a ter 24 horas […]. Foi na facada que ele ganhou as eleições”, disse o deputado.

Bolsonaro foi atingido por um golpe de faca quando cumpria agenda eleitoral em Juiz de Fora (MG), em 6 de setembro de 2018. O autor do golpe, Adélio Bispo de Oliveira, foi preso em flagrante.

O deputado Alexandre Frota disse que tomou a decisão de abrir a CPI após assistir ao documentário “Bolsonaro e Adélio – Uma Facada no Coração do Brasil”, do jornalista Joaquim de Carvalho.

“Hoje eu tenho noção do quanto muitas coisas não estão explicadas”, disse.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s