Mais sete casos da variante Delta são confirmados em Pernambuco, que agora soma 36

Mais 7 casos de Covid-19 causados pela variante Delta do novo coronavírus foram confirmados em Pernambuco. O anúncio foi feito pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) no início da noite desta sexta-feira (17) após mais uma rodada do sequenciamento genético de amostras de pacientes com Covid-19 feito pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz PE).

Com essas novas confirmações, Pernambuco totaliza 36 pessoas infectadas pela variante Delta.

Das 27 amostras sequenciadas, 20 foram identificadas como linhagem e sublinhagem da variante Gamma (74%), inicialmente detectada no Brasil, e 7 (26%) para a Delta, de pacientes residentes em Exu (1), Camaragibe (1), Petrolina (4) e Primavera (1).

Todos os novos casos da variante Delta foram diagnosticados como leves, mas os municípos foram orientados, segundo a SES-PE,  a investigar e acompanhar os casos.

Dos 7 pacientes, 4 são do sexo masculino e 3 do sexo feminino, com idades entre 20 e 56 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (4), 30 a 39 (2) e 50 a 59 (1). 

Segundo a SES-PE, todas os materiais biológicos foram coletados entre os dias 6 e 27 de agosto nos municípios de Exu, Terezinha, Igarassu, Caruaru, Ipojuca, Camaragibe, Sairé, Petrolina, Primavera e Cabrobó. 

A variante Delta é da linhagem viral B.1.617, que apareceu na Índia em outubro de 2020. Segundo estudo divulgado em julho por pesquisadores ligados à Organização Mundial da Saúde e ao Imperial College de Londres, a variante é cerca de 97% mais transmissível do que o coronavírus original identificado na China, sendo assim ainda mais preocupante do que as variantes surgidas no Reino Unido (Alfa), na África do Sul (Beta) e no Brasil (Gama).

Ainda em setembro, outros 4 foram confirmados no dia 2: pacientes provenientes das cidades de Olinda (1), Ipojuca (1), Caruaru (1) e Araripina (1).

Já em 27 de agosto, foram confirmados 8 casos da variante em pessoas residentes em Recife (5), Olinda (1), Cabo de Santo Agostinho (1) e Exu (1). Antes disso, no dia 18 de agosto, foram confirmadas 2 amostras com a cepa originária da Índia, de residentes de Abreu e Lima (1) e Olinda (1), que adoeceram em julho.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s