Hang confirma que mãe morreu de covid e cita ‘erro’ em atestado da Prevent

O empresário bolsonarista Luciano Hang, dono da varejista Havan, confirmou que a mãe morreu de covid-19, negou ter pedido à Prevent Senior para omitir esse dado no atestado de óbito dela e disse acreditar que houve um “erro do plantonista” do hospital onde ela estava internada.

Hang disse que só descobriu que o atestado de óbito não citava a covid-19 após relato na CPI da Covid e afirmou que ela recebeu medicamentos sem eficácia comprovada contra a doença como parte do “tratamento precoce”.

A mãe do empresário, Regina Hang, morreu aos 82 anos em fevereiro deste ano em um dos hospitais da rede da Prevent Senior, sob suspeita por eventual série de irregularidades ao longo da pandemia.

“Eu sou leigo. Eu não sei o que tem que botar no atestado de óbito”, disse Luciano Hang.

“Achei estranho não estar na certidão, no óbito, mas eu, sinceramente, sou leigo, se vai o quê? Cheio de doenças, são cinco doenças lá colocadas, e não estava o pós-covid, mas aqui eles me provaram que foi colocado”, completou, em outro momento.

Em depoimento à CPI ontem, a advogada Bruna Morato, representante legal de 12 médicos que fizeram denúncias contra a Prevent Senior, disse que Regina morreu de covid-19, ao contrário do que indicava o primeiro atestado de óbito.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s