Presidente da Liesa diz que, se tiver de reduzir público na Sapucaí, carnaval será adiado

O presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIESA), Jorge Perlingero, alertou que, caso haja a necessidade de redução de público no carnaval, vai adiar os desfiles das escolas para junho de 2022.

A exemplo do futebol que já abriu os estádios, mas com capacidade reduzida, eu quero avisar a todos: carnaval não é assim! Não podemos reduzir o tamanho desse espetáculo, nem de público, porque aí não teremos dinheiro suficiente para bancar esse megaevento, e muito menos de componentes”, afirmou Perlingero.

A Prefeitura do Rio estima que, até o final de novembro, todas as principais restrições referentes à Covid sejam derrubadas na cidade. Apesar disso, a decisão final sobre o carnaval de 2022 depende das taxas de transmissão da doença no final do ano.

“Acreditamos que, até o final do mês de novembro, possamos derrubar praticamente todas as principais restrições na cidade do Rio de Janeiro. Mas, se tivermos uma taxa de transmissão alta, por si só, já não dá para fazer carnaval”, explicou o secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, durante audiência pública, realizada pela Comissão Especial do Carnaval da Câmara Municipal, na manhã desta sexta-feira (1º).

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s