Brasil registra 472 mortes por Covid em 24 horas; média móvel segue em queda pelo sétimo dia

O Brasil registrou neste sábado (16) 472 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, com o total de óbitos chegando a 603.199 desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias ficou em 331 — abaixo da marca de 400 pelo 5º dia seguido. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -34% e aponta queda pelo sétimo dia seguido.

Sob influência do feriado estendido de Nossa Senhora Aparecida, as média móveis de mortes e casos caíram bastante na última semana.

Devido às equipes reduzidas trabalhando nos municípios, os números de casos e mortes registrados no sistema nacional ficam abaixo do normal, como visto em feriados anteriores; como consequência, apontam uma queda maior que a esperada na média móvel (que leva em consideração os dados dos últimos 7 dias). Por isso, a queda deve ser avaliada com cautela.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h deste sábado. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Em 31 de julho, o Brasil voltou a registrar média móvel de mortes abaixo de 1 mil, após um período de 191 dias seguidos com valores superiores. De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média móvel acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril.

Sete estados (AM, BA, ES, PI, RN, RR e SE) apresentam alta de mortes. Dois (AC e SE) não registraram novos óbitos neste sábado.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia, 21.636.308 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 10.280 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi 10.141 novos diagnósticos por dia — a menor registrada desde 14 de maio de 2020 (quando estava em 9.686). Isso representa uma variação de -39% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica queda nos diagnósticos.

Em seu pior momento a curva da média móvel nacional chegou à marca de 77.295 novos casos diários, no dia 23 de junho deste ano.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s