Equador declara estado de exceção devido a violência e narcotráfico

O presidente do Equador, Guillermo Lasso, anunciou que o país está em estado de exceção e que as Forças Armadas sairão às ruas para zelar pela segurança dos cidadãos. “As Forças Armadas serão sentidas com força”, afirmou em discurso transmitido pela TV, em cadeia nacional, na noite desta segunda-feira (18).

A princípio a medida será válida por 60 dias. Com ela, o Exército passa a fazer patrulhas junto com a polícia e a atuar “contra a delinquência”, segundo o decreto. “As Forças Armadas participarão do controle operacional da segurança dos cidadãos, da prevenção de delitos e da manutenção da ordem pública e realizarão operações de controle, buscas e apreensões.”

Lasso ainda nomeou um novo ministro da Defesa, o general da reserva Luis Hernández, para o lugar de Fernando Donoso, que havia renunciado pela manhã.

O presidente afirmou que as mudanças se davam em nome do combate ao narcotráfico e à violência. “Nas ruas do Equador só existe um inimigo: o narcotráfico”, disse Lasso. “Nos últimos anos, o Equador passou de país de tráfico de drogas a um país que também as consome.”

Segundo ele, a pasta da Defesa deve apresentar um plano de reforma das Forças Armadas, com o objetivo de que a luta contra a violência seja “mais forte, sólida e comprometida”.

Entre janeiro e agosto, foram registrados 1.427 assassinatos no país, 55 a mais do que em todo o ano de 2020, segundo o Ministério do Interior. Em meio a uma disputa entre facções criminosas, o Equador vive também uma crise de motins em prisões, com a mais recente rebelião, no fim de setembro, tendo terminado com ao menos 118 mortos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s