Homem que fingiu próprio sequestro teria tentado extorquir R$ 30 mil do patrão

De acordo com as investigações, na segunda-feira, Vilamar havia recebido R$ 5 mil de clientes e fugiu para Quixadá com o veículo da empresa. No dia seguinte, deixou o carro no município do Interior e retornou para Fortaleza.

Ontem, o patrão dele recebeu por Instagram uma mensagem dizendo que, se não fosse paga a quantia de R$ 30 mil, o rapaz seria morto”, contou em entrevista coletiva o delegado Harley Filho, diretor do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa. “Conseguimos localização dele por meio do nosso serviço de inteligência e constatamos que ele estava em Teresina”, completa.

Durante a noite dessa quinta, a Polícia Civil do Piauí chegou ao endereço onde Vilamar se escondia e o conduziu para a delegacia. “Na confissão, ele alegou que estava devendo para agiotas”, adiciona o delegado. Ele deve responder por apropriação indébita qualificada e extorsão.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s