Recife zera estoque e pede mais 160 mil doses de vacina contra influenza ao Ministério da Saúde

A Prefeitura do Recife formalizou, nesta sexta-feira (7), um pedido ao Ministério da Saúde para o envio de 160 mil doses da vacina contra a influenza. Segundo o prefeito João Campos, o estoque do imunizante na capital pernambucana acabou nesta sexta. Mais de 91 mil doses foram aplicadas nos últimos 15 dias na cidade.

“A gente zerou o nosso estoque de vacina em toda a cidade do Recife. E a gente está reinvidicando mais pelo menos 160 mil doses porque, com isso é suficiente para a gente garantir mais um mês de imunização na cidade”, disse o prefeito, em comunicado.

João Campos reitera que uma nova vacina da gripe está sendo produzida pelo Butantan e deve chegar à campanha de vacinação em abril, mas reforça que as 160 mil doses solicitadas seriam usadas de maneira imediata. “Não é justo que o município seja penalizado porque ele é eficiente na vacinação e consegue zerar o seu estoque.

A capital pernambucana, bem como o Estado, enfrenta uma epidemia de influenza causada pelo subtipo A H3N2 do vírus. Dados da Prefeitura do Recife indicam que o índice de casos diários confirmados saltou de 8 para 138 entre os dias 13 e 29 de dezembro, com pico de até 314 casos em um só dia, 27 de dezembro.

Pernambuco contabiliza mais de 6 mil casos e 38 mortes relacionadas ao vírus da gripe. Do total de óbitos notificados no Estado, 23 foram no Recife.

Desde o início da campanha nacional de vacinação contra a gripe de 2021, em abril, o Recife aplicou mais de 599 mil doses. Entre 21 de dezembro e essa quinta-feira (6) a alta procura pelo imunizante se comprova pelos números: 91.624 doses foram aplicadas na rede municipal de saúde. 

Desde dezembro, a Secretaria de Saúde do Recife intensificou a vacinação contra a gripe na cidade e, atualmente, para além das 150 salas de imunização já existentes, que funcionam de segunda a sexta, das 8h às 16h, a vacina está sendo disponibilizada, também, nos postos montados em cinco shoppings da capital e em ações itinerantes em várias comunidades do município.

Em nota enviada à Folha de Pernambuco, o Ministério da Saúde informou que “não possui pendência de doses de vacina” com nenhum estado. 

“As 80 milhões de doses adquiridas para a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza foram distribuídas aos estados e Distrito Federal de forma proporcional e destinada aos públicos específicos da campanha”, informou o ministério que disse ainda estar acompanhando “com atenção” o aumento de casos de influenza em alguns estados. 

A pasta reitera que iniciou as tratativas junto ao Butantan para adquirir as vacinas para a campanha de imunização de 2022. 

“O imunizante encomendado é o recomendado pela OMS para o hemisfério sul e contempla em sua composição o vírus H3N2, circulante no país neste momento”, finalizou o comunicado da Saúde.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s