Em áudio enviado ao pai, mãe afirmou que tinha matado crianças em Guapimirim

“Ontem, foi ouvido o pai da Stephani, e ele confirmou que houve uma forte discussão do casal na sexta-feira à tarde. Ele foi chamado ao local, mas não presenciou nada, e com isso o Leonardo (marido de Stephani) saiu de casa”, disse o delegado titular da 67ª DP (Magé), Antônio Silvino.

O crime aconteceu horas depois e Stephani foi presa na segunda-feira (10) como suspeita do crime.

Além do avó, outras pessoas serão ouvidas no inquérito que investiga o caso.

Na terça-feira (11), Stephani foi transferida do hospital de Guapimirim e levada para o Pronto Socorro Geral Hamilton Agostinho, no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

O pai das crianças já foi ouvido, mas não deu detalhes do que poderia explicar o crime.

Vizinhos que também prestaram depoimento à Polícia Civil classificaram a mulher como uma “excelente mãe”.

As duas crianças, de 3 e 6 anos, foram mortas no bairro Paiol, em Guapimirim.

Segundo a corporação, uma equipe do 34º BPM (Magé) foi checar a denúncia no local e encontrou as crianças já sem vida. Uma faca foi apreendida no local e a área foi isolada para perícia.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s