Alec Baldwin entrega celular à polícia em investigação sobre morte em set de ‘Rust’

O ator Alec Baldwin entregou seu celular, nesta sexta-feira (14), às autoridades que investigam o disparo que matou a diretora de fotografia em um set de filmagens no Novo México em outubro de 2021.

O mandado para a apreensão tinha sido emitido em dezembro, mas o ator afirmou que o processo de entregar o aparelho “leva tempo”.

Segundo a ordem judicial que respaldava o pedido, Baldwin havia trocado e-mails com a armeira do filme para discutir que tipo de arma seria usada na cena que acabou sendo fatal.

“Este caso não é sobre seu celular, e não há respostas em seu celular”, afirmou o advogado de Baldwin ao site Deadline. “Alec não fez nada de errado. Está claro que disseram a ele que a arma era fria, e que ele seguia instruções quando este acidente trágico aconteceu. A pergunta real que precisa ser respondida é como as munições reais chegaram ao set.”

Baldwin, de 63 anos, manipulava a arma enquanto ensaiava uma cena do faroeste “Rust” com a diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42, que morreu no incidente. Além de estrelar, ele coproduzia o filme.

O ator afirmou em uma entrevista que não puxou o gatilho do revólver, apenas o engatilhou. Pouco antes do disparo, Baldwin recebeu a arma de um assistente de produção que o informou que a mesma estava “fria”, jargão cinematográfico que indica que ela é inofensiva.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s