Em dois meses, 13 mil profissionais de saúde foram afastados por Covid e gripe

Mais de 13 mil profissionais de saúde, incluindo médicos, enfermeiros, funcionários administrativos e servidores públicos foram afastados entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022 devido a casos de Covid-19 e síndrome gripal em 14 capitais do país, segundo levantamento da Agência CNN feito nesta sexta-feira (14).

As capitais que mais afastaram profissionais foram: Rio de Janeiro (5.500), São Paulo (3.193), Fortaleza (1.300) e São Luís (1.000).

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s