Papa afirma que está pensando em viajar para Kiev após convite da Ucrânia

O papa Francisco disse neste sábado (2) que está considerando uma viagem à capital ucraniana, Kiev.

Questionado por um repórter no avião que o levava de Roma a Malta se ele estava considerando um convite feito por autoridades políticas e religiosas ucranianas, Francisco respondeu que “sim, está na mesa”. Ele não deu mais detalhes.

No dia 22 de março, o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky revelou que conversou com o papa e que ele “disse palavras muito importantes: ‘Eu entendo que você quer a paz. Eu entendo que você tem que se defender, que os soldados defendem os civis, eles defendem sua pátria’”.

“O papel mediador da Santa Sé no fim do sofrimento humano seria apreciado”, acrescentou Zelensky. Em outro tweet, o embaixador da Ucrânia no Vaticano, Andriy Yurash, disse que a dupla teve conversas “muito promissoras”.

Yurash também disse que o papa “é o convidado mais esperado na Ucrânia”. O prefeito de Kiev escreveu uma carta no dia 8 de março convidando Francisco para uma visita à cidade.

O papa tem condenado o que chamou de “massacre sem sentido”, embora evite citar a Rússia em suas manifestações. “Peço a todos os atores da comunidade internacional que façam um esforço real para acabar com esta guerra repugnante”, declarou em aparição na Praça de São Pedro no dia 20.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s