Minas Gerais investiga dois casos suspeitos de raiva em humanos

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais investiga dois casos suspeitos de raiva em humanos, notificados nos dias 17 e 21 de abril. Os pacientes são moradores da área rural de Bertópolis, município próximo à fronteira do estado com a Bahia, onde foram confirmados dois casos da doença neste ano.

O caso notificado no dia 17 é de uma criança de 5 anos, que morreu no mesmo dia. As amostras foram coletadas e enviadas para exame laboratorial. Embora a criança não tenha apresentado sintomas clínicos de raiva ou sinais de mordidas e arranhões por morcegos, o óbito segue em investigação devido às características epidemiológicas da cidade, segundo a secretaria.

O segundo caso em investigação é de uma paciente de 11 anos, que apresentou sintomas como febre e dor de cabeça e foi encaminhada ao hospital de referência. O caso foi notificado como suspeito devido ao parentesco da criança com o segundo caso confirmado. Amostras foram coletadas e enviadas para análise laboratorial. De acordo com a secretaria, a paciente permanece internada em condição estável e em observação.

Casos confirmados
Em 2022, dois casos de raiva em humanos foram confirmados laboratorialmente em Minas Gerais. Segundo a secretaria de Saúde, o primeiro foi um paciente de 12 anos, que morreu no dia 4 de abril. Já o segundo caso, notificado no dia 5 de abril, foi de uma criança de 12 anos, que permanece internada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

As duas notificações são da área rural do município de Bertópolis, relacionadas a mordidas de morcegos, de acordo com a secretaria.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s