Rússia anuncia cessar-fogo em Mariupol nesta segunda-feira para retirada de civis de Azovstal

A Rússia anunciou a intenção de interromper as hostilidades nesta segunda-feira (25) para permitir a retirada de civis refugiados com combatentes ucranianos no complexo metalúrgico cercado de Azovstal em Mariupol, sudeste da Ucrânia.

As forças russas e seus aliados separatistas pró-Rússia se compromete a “cessar de maneira unilateral as hostilidades às 14H00 de Moscou (8H00 de Brasília), retirar as unidades a uma distância segura e garantir a saída dos civis na direção em que decidirem”, afirmou o ministério russo da Defesa em um comunicado.

As autoridades russas também se comprometeram que os civis poderão seguir “na direção em que decidirem”.

O ministério, no entanto, insistiu que as forças ucranianas devem mostrar disposição para iniciar as retiradas “hasteando bandeiras brancas” em Azovstal.

A Rússia reivindicou na semana passada o controle da cidade estratégica, com exceção do complexo industrial onde permanecem os últimos combatentes ucranianos.

O presidente russos, Vladimir Putin, ordenou um bloqueio da fábrica, onde centenas de civis estão refugiados ao lado dos combatentes ucranianos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s