Número 2 do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz é exonerado de secretaria-executiva

O presidente Jair Bolsonaro (PL) exonerou, nesta quarta-feira (11), o “número 2” do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, da secretaria-executiva da pasta.

De acordo com o decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU), assinado por Bolsonaro e pelo ministro Marcelo Queiroga, a exoneração foi feita a pedido do até então secretário-executivo.

Quem assumirá a função é Daniel Pereira, que até então ocupava o cargo de assessor especial do ministro da Saúde.

O engenheiro Rodrigo Cruz estava na secretaria executiva da pasta desde março de 2021. Ele assumiu o posto no lugar do coronel Élcio Franco, que estava na função desde junho de 2020.

A escolha de Cruz para ser o número dois da Saúde foi uma tentativa de aumentar os quadros técnicos e melhorar a gestão do ministério, principalmente relacionada à logística de distribuição de vacinas.

O nome de Cruz foi indicado a Queiroga pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

Aos 39 anos, ele era até então secretário executivo adjunto da pasta de Freitas e foi responsável por operações como o transporte de máscaras da China e o transporte de medicamentos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s