Brasil tem desde 2017 programa de internet que Musk propõe para escolas em regiões remotas

O bilionário Elon Musk anunciou nesta sexta-feira (20), via Twitter, que lançará a rede Starlink para conectar escolas em áreas rurais e monitorar a Amazônia. O Brasil tem desde 2017 um programa semelhante, tocado pela Telebras e pela Viasat Comunicações em parceria com o Ministério das Comunicações.

O projeto –que foi batizado inicialmente de Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac) e depois foi renomeado de Wi-Fi Brasil pelo presidente Jair Bolsonaro– foi lançado pelo então presidente Michel Temer. Ele utiliza o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC-1) com o principal objetivo de prover internet banda larga às regiões mais remotas do Brasil.

Em setembro de 2020, a Agência Espacial Brasileira (AEB) informou que o SGDC-1 fornece “cobertura de serviços de internet a 100% do território nacional”.

De acordo com informações divulgadas pela Telebras em maio deste ano, 15.705 pontos de internet haviam sido instalados em 3.055 municípios brasileiros em 5 anos de projeto, totalizando quase 9 milhões de beneficiários.

A região mais beneficiada pelo programa até maio é a Nordeste, com 7.544 pontos instalados em 1.412 municípios, seguida pela região Norte, com 4.060 pontos em 386 municípios.

Em nota enviada ao g1, a Viasat informou que cumpre seu papel de fornecer infraestrutura terrestre para receber e distribuir o sinal recebido por satélite, e que conecta mais de 10 mil escolas pelo projeto Wi-fi Brasil desde 2018.

E disse ainda que está “instalando pontos de acesso em outras 5 mil escolas, ajudando assim a reduzir a brecha digital na educação brasileira.” A empresa não informou qual o prazo para finalizar a instalação dos novos pontos.

A Telebras também foi procurada pelo g1, mas não respondeu à tentativa de contato até a última atualização desta reportagem.

Já Elon Musk chegou ao Brasil nesta sexta-feira e não deu detalhes sobre os serviços que pretende prestar, nem quando isso aconteceria, mas disse na publicação que a Starkink deve beneficiar 19 mil escolas em áreas rurais que não possuem conexão.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s