“Desconfiar é um direito meu”, diz Bolsonaro sobre eleições

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a levantar suspeitas sobre a lisura do sistema eleitoral brasileiro e a atacar o ministro do STF Alexandre de Moraes. Em entrevista a jornalistas em uma igreja de Brasília nesta quinta-feira (26), Bolsonaro afirmou que o magistrado é “parcial”.

Segundo o presidente, Moraes, que assume a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) neste ano, “ataca a democracia”.

“Quando a gente pensa que vai resolver, complica a situação. O que é o senhor Alexandre de Moraes? Ele quer o confronto? Uma ruptura? Por que ele ataca tanto a democracia? Por que você não pode apresentar sugestões ao TSE a convite do TSE?”

Contatada pela CNN para comentar as críticas de Bolsonaro, a assessoria de Alexandre de Moraes disse que ele não vai se pronunciar.

Na entrevista, Bolsonaro ainda negou que tenha atacado integrantes da Corte. O presidente disse que duvidar das urnas eletrônicas é um direito.

“Da minha parte você não vê ataques. Agora, desconfiar é um direito meu. Estou num país democrático. Por que o senhor Moraes diz que o candidato que por ventura duvidar da urna eletrônica terá o registro cassado e preso? Quem ele pensa que é?”

No último dia 18, Bolsonaro acionou a PGR contra Moraes, alegando que o ministro tem desrespeitado direitos e garantias fundamentais previstas na Constituição. O procurador-geral da República, Augusto Aras, ainda não se manifestou sobre o caso.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s