Defesa Civil concentra esforços em Milagres, Curado e Camaragibe na busca por desaparecidos

Vila Milagres, Curado e Camaragibe serão os locais que concentrarão nos próximos dias os esforços das equipes de busca que trabalham no resgate das vítimas das fortes chuvas que atingiram Pernambuco desde a semana passada. A atenção redobrada nessas áreas ocorreu após o encerramento das ações em Jardim Monte Verde, comunidade que fica entre Jaboatão dos Guararapes e Recife, onde foram encontradas três pessoas desaparecidas.

“Com o encerramento em Monte Verde, vamos concentrar os esforços nesses locais. Temos equipes fazendo buscas de duas pessoas que teriam sido levadas por enxurradas. Estamos com dois botes, além de mergulhadores especializados para recuperar também essas vítimas”, afirmou o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Humberto Freire.

Nesta terça (31), o Governo de Pernambuco atualizou para 106 o número de mortos em decorrência dos incidentes provocados pelas enchentes. Cenário que fez Freire ser categórico. “Tivemos a maior tragédia de chuvas que se tem registro aqui. Prosseguiremos com o trabalho intenso para resgatar essas vítimas. Não vamos parar até que a última pessoa seja encontrada”, pontuou, destacando o auxílio que o Estado tem recebido também na busca pelos desaparecidos.

“Recebemos outros bombeiros na terça-feira e, na quarta (1), chegarão outras equipes. O trabalho agora, além de braçal, também é especializado, com a identificação dos locais onde as vítimas podem estar. Já temos quatro estados ajudando e mais outros vão se juntar”, apontou. Os reforços vêm da Bahia, Tocantins, Goiás, Rio Grande do Norte, Paraíba, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

“Não é hora de voltar”

Mesmo encerrando os trabalhos em Monte Verde, o secretário reforçou que ainda não é possível que os moradores da região retornem ao local. “Fazemos um apelo para que, mesmo não tendo mais operações de busca e salvamento, as pessoas não reocupem. A chuva prossegue e algumas residências estão comprometidas. Precisamos minimizar os efeitos dessa grande catástrofe”, declarou. Ao todo, mais de seis mil pessoas estão desabrigadas em Pernambuco.

Recurso para desabrigados

Após declarar Situação de Emergência em Pernambuco – assim como foi feito por 24 municípios –, o governador Paulo Câmara disponibilizou uma verba de R$ 100 milhões para o trabalho de busca e salvamento, além de obras urgentes nas cidades mais afetadas pelas chuvas. Recurso que pode sofrer um acréscimo em breve.

“O governador designou diversos secretários para supervisionarem e serem pontos focais com as diversas prefeituras que já declararam Situação de Emergência, fazendo os R$ 100 milhões chegarem a quem precisa. Também estamos fazendo interlocução com o mundo privado e o Governo Federal. O momento é de um esforço conjunto para minimizar as consequências e não permitir que tenhamos novas vítimas”, frisou, destacando que também está sendo estudada a distribuição de auxílio pecuniário.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s