Marido quebra tudo em recepção de clínica odontológica de BH após companheira reclamar de dor de dente

A recepção de uma clínica odontológica no bairro de Lourdes, na Região Centro-Sul, ficou destruída após o companheiro de uma paciente ir até o local, nesta quarta-feira (8), alegando que a mulher estava sentindo dores após um procedimento. Ao não encontrar o dentista, ele quebrou cadeiras, televisão, computadores, balcão de vidro e outros objetos.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, uma funcionária contou que o casal chegou ao local, na Rua dos Guajajaras, com três crianças, procurando pelo profissional. 

Ao ser informado que o dentista estava no horário de almoço, o suspeito alegou que ele “havia implantado um chip na boca de sua esposa em data passada e que a companheira estava sentindo muita dor”.

Durante a conversa, a paciente reclamou mais uma vez, momento em que o homem deu um soco no braço de uma funcionária e passou a quebrar tudo.

Ainda conforme o registro policial, a mulher também jogou um objeto na direção dos trabalhadores. Eles fugiram antes da chegada da polícia.

Ameaças
Em conversa com a TV Globo, funcionárias contaram que o homem já tinha feito ameaça quando foi ao consultório em uma outra data.

“Hoje, eles apareceram novamente querendo conversar com algum responsável da clínica ou com o administrativo. Só que no momento todos estavam no horário de almoço. Foi aí que ele se exaltou e começou a quebrar a clínica. A esposa dele também. Abrimos outro boletim de ocorrência e a gente espera alguma providência”, contou uma funcionária, que pediu para não ser identificada.

“Eles começaram a criar atritos e problemas aqui na clínica. Dentro do consultório, o esposo dela chegou a mostrar uma foto de arma para um dentista (em outra data)”, disse outra trabalhadora, também sob anonimato.

O que diz a Polícia Civil
“A ocorrência foi registrada na tarde desta quarta-feira (8/6), no bairro Lourdes, na capital. Não houve conduzidos à Delegacia de Plantão para as medidas legais cabíveis e a PCMG apura os fatos”.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s