Prefeito é morto a tiros no sul do México

Um prefeito de uma cidade no estado de Chiapas, no sul do México, foi assassinado a tiros nesta quarta-feira (8), informou o Ministério Público regional. Com este crime, são 94 prefeitos mortos no país desde o ano 2000.

Rubén de Jesús Valdez Díaz, prefeito do município de Teopisca, estava saindo de carro de sua casa quando foi surpreendido por dois homens que chegaram de moto.

O Ministério Público anunciou a abertura de uma investigação.

Segundo versões de moradores e jornalistas, logo após o crime um grupo armado chegou à localidade e invadiu algumas casas. O comércio e escolas foram fechados, segundo estes relatos.

O homicídio foi cometido duas semanas depois da divulgação de vídeos que mostravam uma gangue, provavelmente de traficantes de drogas, passando pela cidade.

Valdez foi eleito em 6 de junho de 2021.

César Valencia, prefeito de Aguililla, no estado de Michoacán (oeste), morreu a tiros em 11 de março nesta região gravemente afetada pelos cartéis de drogas.

Entre 2000 e 2022, 94 prefeitos mexicanos foram assassinados, segundo uma publicação da consultora Etellekt nesta quarta-feira no Twitter.

“Com o assassinato de Rubén de Jesús Valdez Díaz (…) são 17 os prefeitos assassinados” desde dezembro de 2018, quando o presidente de esquerda Andrés Manuel López Obrador assumiu o poder, acrescentou a postagem.

Esse número é “21% maior que o mesmo período do governo de Enrique Peña Nieto (2012-2018)”, do Partido Revolucionário Institucional, PRI, detalhou a Etellekt.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s