Maioria dos pacientes com BA.4 em Pernambuco não completou esquema vacinal contra Covid-19

Levantamento do Instituto Aggeu Magalhães (Fiocruz-PE) em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgado na segunda-feira (13) mostra que, dos nove primeiros pacientes diagnosticados com a subvariante BA.4 da ômicron em Pernambuco, seis não tinham completado seus esquemas vacinais.

Três dos pacientes não estavam sequer imunizados com a primeira dose, dois não tinham recebido a terceira dose e uma só tinha registro da primeira aplicação, segundo a SES-PE.

A nova rodada de sequenciamento genético analisou 101 amostras coletadas entre 16 e 23 de maio, com as nove confirmações para a BA.4 – sendo cinco mulheres e quatro homens, com idades entre 22 e 74 anos.

Sete dos pacientes moram no Recife e os outros dois, em Paulista e Jaboatão dos Guararapes, ambas na Região Metropolitana do Recife. Oito foram assintomáticos e um teve sintomas leves. Nenhum desenvolveu quadro de maior gravidade.

“A confirmação da BA.4 no nosso território ratifica a necessidade da população tomar as doses de reforço, de acordo com o público elegível para cada reforço. Estas doses proporcionam o aumento da quantidade de anticorpos no organismo, ampliando a proteção e reduzindo a chance de infecção ou reinfecção, assim como formas graves da doença e óbitos”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s