Operadores de drone afirmam que jogavam veneno em cima de público em evento de Lula e Kalil em MG: ‘jogou só 2 litros’

Um vídeo compartilhado nas redes sociais e em aplicativos de mensagens mostra o que seria parte da operação do drone que sobrevoou o evento político de Lula e Kalil e jogou sobre o público uma substância de forte odor, na tarde de quarta-feira (15), em Uberlândia. Parte dos presentes, chegou a classificar como urina, chorume e até fezes o conteúdo aspergido pelo aparelho.

Um dos três homens, que chegaram a ser presos pela Polícia Militar (PM) em flagrante, afirmou no vídeo que eles estavam jogando veneno. Em outro trecho da gravação, o operador do drone disse que já havia despejado “dois litros”.

Rodrigo Luiz Parreira, Charles Wender Oliveira Souza e Daniel Rodrigues de Oliveira foram detidos em flagrante pela PM, mas liberados após assinarem um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) para comparecerem posteriormente ao Juizado Especial Criminal. O g1 ainda não conseguiu contato com a defesa dos três.

A polícia informou que eles não tinham autorização para operar o equipamento, que foi apreendido, e poderá ser encaminhado ao Ministério Público Federal, caso seja solicitado.

A apreensão dos três homens ocorreu logo após a operação do drone. Parte dos militantes seguiu o aparelho e junto da polícia chegaram até uma área localizada atrás do Centro Universitário do Triângulo (Unitri), local onde era realizado o evento.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s