Datafolha: Lula vai melhor no NE e entre quem ganha menos; Bolsonaro lidera entre evangélicos e mais ricos

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta quinta-feira (23) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” aponta que o ex-presidente Lula (PT) tem larga vantagem na região Nordeste, enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) lidera entre evangélicos.

O instituto apontou que Lula tem 47% da intenção de votos no primeiro turno, seguido por Bolsonaro com 28%. Ciro Gomes aparece em terceiro com 8%.

A pesquisa ouviu 2.556 pessoas nos dias 22 e 23 de junho em 181 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Na região Nordeste, Lula tem 59% contra 19% de Bolsonaro. O petista também vai bem entre os mais jovens, vencendo de 54% a 24%. O ex-presidente tem seus melhores desempenhos ainda entre os menos escolarizados e entre os que ganham até 2 salários mínimos. Em ambos os perfis de eleitorados, Lula vence de 56% a 22%.

Na pesquisa espontânea, em que Lula aparece com 37% e Bolsonaro com 25%, o petista ampliou sua intenção de votos nas duas pontas da cadeia econômica: entre desempregados — 40% a 47% — e entre empresários 20% para 27%. Neste último grupo, Bolsonaro caiu sete pontos, mas ainda lidera com folga (passou de 49% para 43%).

Bolsonaro, por sua vez, ampliou sua vantagem entre os evangélicos. A intenção de voto nesse grupo era de 39% e oscilou para 40%. Já Lula oscilou para baixo, de 36% para 35%.

Bolsonaro também vai melhor entre os mais ricos, que ganham mais de 10 salários mínimos. Nessa faixa, tem 47% das intenções de voto. Entre os empresários, chega a 43%. O presidente se manteve estável entre desempregados, oscilando de 14% para 15%.

O atual presidente também vai melhor do que sua média entre homens (36%, ante 44% de Lula). Bolsonaro também vai bem no Centro-Oeste, onde tem 40% de intenção de voto. No Sudeste, tem 29%, enquanto Lula tem 43%.

Que grupos rejeitam os presidenciáveis
Os grupos que mais rejeitam Bolsonaro são os desempregados (66%), pretos (63%), nordestinos (62%), estudantes (62%), mulheres (61%), católicos (61%), jovens (60%) e os mais pobres (60%).

A maior rejeição a Lula ocorre entre empresários (61%), mais ricos (57% entre quem ganha de 5 a 10 mínimos e 52% entre quem tem renda acima de 10 mínimos), pessoas com nível superior (46%), evangélicos (46%), espíritas (46%), moradores do Centro-Oeste (43%) e homens (41%).

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s