ANS suspende comercialização de 70 planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou nesta segunda-feira uma lista de 70 planos de saúde que foram suspensos por conta de reclamações contra a cobertura assistencial efetuadas no 1º trimestre de 2022.

Ao todo, oito operadoras foram afetadas, entre elas Unimed, Amil, Esmale, entre outros. A proibição de venda começa a valer no dia 30 de junho.

Foram contabilizadas mais de 37,5 mil reclamações entre janeiro e março deste ano, realizadas por meio do Monitoramento da Garantia de Atendimento, um dispositivo da ANS que acompanha o desempenho do setor e atua na proteção dos consumidores.

Segundo a ANS, os planos só podem voltar a ser comercializados para novos clientes se as operadoras apresentarem melhora no resultado no monitoramento.

“As reclamações recebidas pela ANS consideradas no Monitoramento se referem ao descumprimento dos prazos máximos para realização de consultas, exames e cirurgias ou negativa de cobertura assistencial”, explica a agência.

“A partir dessas informações, as operadoras são classificadas em faixas, possibilitando uma análise comparativa entre elas e acarretando a suspensão da comercialização dos planos mais reclamados das operadoras identificadas em risco”, diz o comunicado divulgado nesta segunda.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s