MP pede investigação sobre ilegalidade da nomeação de Caio Mário Paes de Andrade para presidente da Petrobras

O Ministério Público pediu, nesta quarta-feira (29), que o Tribunal de Contas da União (TCU) investigue a “ocorrência de possível ilegalidade” na nomeação de Caio Mário Paes de Andrade para presidente da Petrobras.

O motivo, segundo documento de representação, são os “indícios de descumprimento dos requisitos necessários”, como a ausência de experiência profissional na área de atuação da estatal e formação acadêmica em área diversa.

O MP também solicita que se apure possível “ingerência indevida do governo federal” na Petrobras. Como exemplo, o órgão cita as constantes trocas na presidência da empresa e nos integrantes do Conselho de Administração pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s