Ketanji Brown toma posse como primeira juíza negra da Suprema Corte dos EUA

Ketanji Brown Jackson, a primeira juíza negra da história da Suprema Corte dos Estados Unidos, tomou posse do cargo nesta quinta-feira (30). Ela assume o posto na mais alta corte do país em um momento de decisões polêmicas tomadas por magistrados conservadores, como a cassação do direito constitucional ao aborto e a ampliação da posse de armas no país.

“Com o coração cheio, aceito a solene responsabilidade de apoiar e defender a Constituição dos Estados Unidos e de administrar a justiça sem medo ou favor”, declarou, em um comunicado, a nova magistrada.

Indicada pelo presidente do país, Joe Biden, Ketanji Brown Jackson já havia sido aprovada para o cargo pelo Senado em abril, mas só poderia tomar posse com a saída do juiz Stephen Breyer, que deixou o posto também nesta quinta-feira.

A indicação de uma mulher negra para a Suprema Corte era uma promessa de campanha de Biden.

Jackson, de 51 anos, será uma das poucas magistradas da Suprema Corte com ampla experiência no sistema penal norte-americana. Antes de tomar posse no novo cargo, ela foi juíza da 2ª instância nos Estados Unidos e defensora pública, representando réus pobres. Filha de professores, a juíza cresceu no estado da Florida e estudou na Universidade Harvard, onde se formou com excelentes notas.

A entrada da nova juíza marca também um recorde no número de mulheres na Suprema Corte dos EUA: agora são quatro magistradas, de um total de nove.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s