OMS pede ação urgente contra varíola dos macacos na Europa

Em apenas duas semanas, casos da varíola dos macacos triplicaram no continente europeu. Somente na região, foram confirmadas mais de 4,5 mil infecções em 31 países. A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu nesta sexta-feira (1º) uma ação urgente na Europa para conter a propagação da doença.

“A região europeia da OMS representa quase 90% de todos os casos confirmados globalmente em laboratório e reportados desde meados de maio”, alertou Hans Kluge, diretor regional da OMS para a Europa, que atua na cobertura de 53 países.

“Hoje, estou intensificando meu apelo aos governos e à sociedade civil para que aumentem os esforços nas próximas semanas e meses para evitar que a varíola dos macacos se estabeleça em uma área geográfica ainda maior”, afirmou Kluge.

A grande maioria dos casos tem apresentado erupção cutânea e sintomas como febre, fadiga, dores musculares, vômitos, diarreia, calafrios, dor de garganta ou dor de cabeça, adiantou a OMS.

“A OMS continua a avaliar o risco de varíola dos macacos na região europeia como elevado, dada a ameaça continuada à saúde pública e a rápida expansão da doença, com desafios que dificultam a nossa resposta e com casos adicionais a serem relatados entre mulheres e crianças”, acrescentou Kluge.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s