Balsa e draga de garimpo são flagradas em área de conservação no AM, diz entidade ambiental

Ativistas ambientais estão denunciando a instalação de uma balsa e de uma draga de garimpeiros em unidades de conservação na região do Rio Juruá, no Amazonas. Segundo o Fórum Território Médio Juruá (TMJ), a embarcação foi flagrada em áreas dos municípios de Carauari e Juruá.

Na quarta-feira (29), a entidade protocolou denúncia ao Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE), Polícia Federal (PF), Secretaria do Estado do Meio Ambiente do Amazonas (Sema) e à Promotoria de Justiça de Carauari. O g1 solicitou posicionamento de ambos os órgãos e aguarda retorno.

De acordo com o TMJ, a balsa de garimpo foi avistada por representantes de organizações extrativistas do município de Juruá e no município de Carauari.

Mesmo existindo processos em andamento na Agência Nacional de Mineração (ANM) com pedidos de autorização de atividades garimpeiras nos dois municípios, a exploração mineral na região segue sem licença.

Ainda conforme o TMJ, os locais onde a balsa e a draga garimpeira foram avistadas ficam nos limites de Unidades de Conservação de Carauari e Juruá. Por conta disso, a entidade ressalta que atividades de garimpo, se implementadas nesse território, podem acarretar prejuízos irreversíveis à saúde humana e ao meio ambiente.

A organização disse que solicitou às autoridades que sejam investigadas as circunstâncias e identificados os responsáveis que instalaram a balsa garimpeira aos municípios de Carauari e Juruá. A entidade também pede a adoção de ações concretas para impedir a instalação do garimpo ilegal na região.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s